Para alguém...


"Escrevo-te a ti, que andas por ai à minha procura, numa solidão povoada, vazia e acomodada à espera que a vida te ponha no caminho uma mulher como eu. Não sei como te chamas nem por que inicial começa o teu nome, mas sei que existes, que me esperas e desejas e que um dia farás parte da minha vida."

Margarida Rebelo Pinto

Comentários

  1. Respostas
    1. Que bom Dix :)

      É óptimo podermos às vezes sem darmos conta fazer feliz alguém nem que seja a esboçar um belo sorriso :)

      Obrigada por dares sempre aqui um saltinho*

      Eliminar
  2. E fará vais ver!! A pessoa certa vai aparecer quando menos esperares (e não, não é conversa fiada =P)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. ...adorei =) Fez-me recordar um post meu...(para não variar) é de algum livro dela? bj*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei querida, retirei da net :p

      Eliminar
    2. hummm ok...não acrescento mais nada porque ainda agora te disse o que pensava através do mail..;)
      bj*

      Eliminar
    3. Já li e prometo responder com mais calma daqui a pouco :)

      Eliminar
  4. Quando menos esperares, aparecerá alguém que fará parte da tua vida!

    http://viverentrelacos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Também deve andar por aí alguém à minha procura, espero. :)

    ResponderEliminar
  6. E de fato, Paula. Há alguém nesse momento esperando por você em algum canto deste nosso mundo...ou mesmo aí bem pertinho ;)

    ResponderEliminar
  7. Se se avaliar bem a frase, acaba por ser o ideal de todo aquele que se encontra só.
    Denomina a confiança que depositamos no Destino e a vontade de vir a ser alguém para alguém.
    Boa escolha Paula. :)

    ResponderEliminar
  8. Gostei muito da frase *-* A ver vamos se o meu anda também por aí perdido :P

    Boa semaninha amora :)

    Beijito*

    ***

    ResponderEliminar
  9. Há sempre alguém à nossa espera :)às vezes tem que se esperar um bocadinho mais mas depois vale a pena =P

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente