O Amor é Especial, Não o Banalizes

Amor, onde andas tu? Aquele amor que arrebate corações, que explode de sentimento, que nutre uma paixão deslumbrante. Aquele amor sincero, fiel e compreensivo. Aquele amor eterno...
Já lá vai o tempo que o amor era valorizado e cada "Amo-te" era sentido. Hoje? Hoje é tão banalizado que até mete dó, é tão toma lá dá cá que nem sabem o que é o verdadeiro amor. Quem me dera voltar aos tempos antigos, onde até cartas de amor escreviam, acompanhadas com um retoque de perfume. Porque foi o amor tão banalizado nos dias que correm? Basta andar na rua e ver adolescentes pegados, na bem dita "marmelada", ora apalpa aqui, ora amassa acolá. Toma lá um "Amo-te" e dá cá um beijo. E o sentimento será que está mesmo lá? Dentro de ambos? 
O meu receio anda cada vez maior em encontrar alguém decente e que prove não andar a brincar aos namorados. Que jamais me magoe profundamente e que seja fiel há relação que tem.
Na verdade falei dos adolescentes, mas os adultos também conseguem fazer pior, estando muitos deles casados e são infiéis, traem a esposa ou o marido, quando deviam acabar com a actual relação se já não existe mais amor para partilhar. Para quê magoar as pessoas e os sentimentos das mesmas? Para quê levar adiante uma mentira? Porque é que as pessoas são tão cruéis a esse ponto? Tão banais e cobardes?
Vale a pena alongar este assunto? Acho que não.


No passado sofri por amor e amei quem não devia
Mas até agora foi assim o destino da minha vida
Jamais banalizei o amor, isso nunca irá acontecer
Vou sim um passado de dor esquecer
E acreditar que um amor à minha porta irá bater
Seja hoje ou amanhã esse dia vai chegar
E tu e eu certamente um beijo vamos dar.


Espero que os meus suspiros cheguem até ti, 
estejas onde estiveres*

Comentários

  1. eu percebo-te... também sinto me assim, e tenho essa vontade (mesmo) de me apaixonar outra vez! :)
    gostava tanto. havemos de conseguir encontrar a nossa metade!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. O amor deveria ser rídiculo, engraçado, doloroso, intenso, zangado, furioso, mas nunca banalizado. Só pessoas banais sentem um amor banal, e se é assim, é porque nunca amaram ferozmente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Lost só quem não ama verdadeiramente é que banaliza este sentimento.

      Eliminar
  3. Ai está uma boa pergunta,onde anda o amor?
    Como disseste e bem hoje em dia banalizam muito o amor.Parece que as pessoas não dão o devido valor a um sentimento tão nobre e especial,e se para alguns amar alguém é como se fosse para toda a vida para outros ter alguém é só juntar mais um para a sua conta pessoal.É triste mas o amor parece ter perdido a magia de outrora,o que faz as pessoas duvidarem que ele existe mesmo ou que o possam sentir por nos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem mais Márcia. O amor perdeu a magia que tinha, principalmente porque as pessoas fizeram com que ele perdesse esse brilho. E depois existem aquelas que acreditam, mas que perdem um pouco a esperança, porque não sabem se realmente a pessoa com quem se juntaram sente o mesmo e se será fiel a esse sentimento.

      Eliminar
  4. Finalmente alguém que me compreende!!! Faço das tuas, minhas palavras :)

    Miminho para ti no meu blog :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Concordo contigo. E acho que hoje em dia o amor é descartavel para muitos mas depois a outra pessoa sofre por isso.. Muitas vezes não há respeito de uma das partes envolventes..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Pedro. Aquele que acredita e que ama verdadeiramente acaba sempre por sofrer mais porque a outra parte não retribuiu da mesma forma.
      Cada vez é mais raro ver um casal que se ame de facto e que tenha uma vida longa juntos. Agora é tudo à base de divórcios e pouco mais.

      Eliminar
  6. Minha querida, o amor nunca será banalizado pelos que amam de verdade!
    E saiba que o amor também procura por você...
    Deixe-se encontrar :)
    Beijo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão Isa, quem ama verdadeiramente nunca o banalizará :)
      Mas já são poucos aqueles que se entregam com esse belo sentimento.
      Ele deve andar por aí Isa :p Com certeza escondeu-se de mim e assim fica complicado cruzar-me com ele :)

      Beijinhoo*

      Eliminar
  7. É mesmo :/ Nem consigo acrescentar mais nada, concordo com tudo.

    ResponderEliminar
  8. Não podia concordar mais contigo. Adorei o post. Amor... onde andas???

    ResponderEliminar
  9. Quando é Amor é impossível banalizar.

    O mal é ser confundido com paixão. Duas pessoas apaixonadas acham que se amam, o que em 80% das vezes acaba por não ser verdade.

    Beijinho **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também tens razão DC. Às vezes o amor é muitas vezes confundido com a paixão. Normalmente no inicio existe o fogo da paixão e se o amor permanecer significa que sempre foi verdadeiro o que sentiram. Mas depois temos casos de adolescentes que banalizam totalmente, dizem "Amo-tes" ali e acolá, abraços e amassos e nem sabem dar valor ao sentimento em si. E como ja referi no texto os adultos também se tornam infiéis porque banalizaram tudo o que viveram com amor quem amaram, porque quem trai não ama, só magoa. Enfim é triste. O amor é especial e não para andar a brincar às casinhas e ao esconde esconde.

      Bem-vindo novamente :) Já não te via por aqui a bastante tempo desde que me lembro.
      Beijinho

      Eliminar
  10. Talvez, por o Amor ser tão especial, é que não pode ser resumido a uma palavra. Amemos com gestos e sentimentos, que as palavras são apenas um condimento.

    Quando gosto volto sempre, por isso voltarei sempre.

    beijinho **

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim DC, mas que esses gestos e sentimentos sejam mesmo verdadeiros.

      Volta sempre :)

      Beijinho*

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente