Raros São os Corações Preciosos

Todos nós temos coração, temos sentimentos, mas porque nem todos dão o devido valor a isso? Ser humilde, sincero, carinhoso, solidário, amigo e companheiro? O que mais temos de bom nesta vida é o carinho das pessoas, a solidariedade que se vê nos olhos de pessoas humildes e que se voluntariam para ajudar, porque há carinho no coração dessas pessoas e um sorriso pode fazer toda a diferença. As amizades são uma fonte preciosa que podemos ter, mas são poucos os que conseguem levar uma amizade a sério, uma amizade sem interesses. Os amores, as relações que deveriam ser um pilar para nós, algo que fugisse à rotina, amar alguém com todas as forças, onde isso foi parar? Será possível que estamos a crescer e a conviver com pessoas que perderam a sensibilidade, que brincam com os sentimentos das pessoas como se fosse algo tão natural, que viver o momento é que conta e nada mais sem pensar em consequências.  Onde esta sociedade vai parar? Onde colocam os sentimentos? Numa gaveta a sete chaves e transformam esse espaço em ódio e raiva, com um sabor amargo a vingança? Qual é o objectivo de andar a apedrejar os outros... a sentir prazer em vê-los mal e a apodrecer com o mal que lhes causam? 
O amor tanto pelos animais, como pelas pessoas é algo tão bom de se ver e sentir, é gratuito e que nos faz feliz. Por vezes as coisas podem correr mal, faz parte, mas para quê continuar a remoer em algo sem futuro? Em algo que só nos mata de dia para dia? 

A verdade é que uma pessoa não se mede aos palmos, pode ser magra, gorda ou não agradar a muita gente, mas quem procura descobrir o coração das pessoas? Quem procura dar valor a isso, sem pensar em aparências. Nem tudo se resume em conhecer e namorar a seguir, tudo começa na amizade, na socialização, no convívio... as pessoas gostam cada vez mais de gentinha fácil e fútil, onde não é preciso batalhar ou conquistar, uma amizade não se resume só em sair e vamos divertir. 

Esta sociedade vai acabando aos poucos, uns suicidam-se, outros matam-se uns aos outros, outros procuram vingança sem sequer pensarem que isso seja perda de tempo, outros sofrem de desgostos de amor/amizade, outros vivem na solidão, outros na esperança de dias melhores e os mais afortunados amam-se, mas não estão impunes de sofrerem também.
Se o amor existe... Sim existe, mas não o tentam sentir, porque aos poucos destroem-no. 

Comentários

  1. Por acaso isso foi uma coisa em que sempre pensei mas nunca obtive resposta...

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Nem todos escutam o coração e, hoje em dia, as pessoas esquecem-se tanto de amar, de amar de verdade, respeitando, cuidando, agarrando com firmeza. Gostei mesmo de te ler porque a tua forma de pensar que eu prefiro chamar sentir, é muito semelhante à minha, gostei mesmo muito. Um Beijo :)*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também acho que temos traços em comum. Já reparei nisso na tua escrita e identifico-me muito com ela.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Infelizmente, não podia estar mais de acordo com esse maravilhoso e profundo texto que apresentaste.
    Parabéns pela escrita, pelo pensamento e por tentares procurar os "raros corações preciosos" :)

    ResponderEliminar
  4. Minha querida, viver não é fácil e muitas são as pessoas que podem nos magoar...
    Mas o mundo também está repleto de pessoas com um lindo coração. Procure por elas e não desista de sua busca.
    Vale a pena!
    Um beijinho, minha amiga, e boa semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, existem... mas como disse são raras essas pessoas hoje em dia.
      Enfim :)
      Beijinho e boa semana também*

      Eliminar
  5. Infelizmente, hoje é cada vez mais difícil encontrar pessoas que de facto valem a pena.

    Mas é como a Isa diz, elas ainda existem e eu também quero acreditar que sim :)

    Beijito* grande

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente