Conversa Entre os Pais


Houve uma conversa entre a minha mãe e o meu pai que achei castiça e deu-me vontade sorrir e até mesmo de gargalhar um pouco. Isto porque eu não estava presente e a minha mãe contou-me logo de seguida...
Tudo começou porque um senhor veio ter com o meu pai a perguntar se vendia uma mota antiga que tinha na garagem, diz que se for arranjada (pintura e tal) já a consegue vender para colecção por 1500€, mas o meu pai não estava muito para aí virado e não a quis vender. Regressou a casa e contou à minha mãe o sucedido, ao qual a minha mãe responde...

Mãe: Então arranja-a e coloca-se na net para venda, por 1500€ bem bom.
Pai: Nem pensar. Aquela mota vai ser é para o meu neto.

Ora pois claro a minha mãe gostou da resposta, mas diz que não faltou muito para se escangalhar a rir. 
E diz que sinceramente não esperava por uma resposta daquelas.

Eu obviamente fiquei feliz por saber, o pior é se sai menina :p Ainda a faz de motoqueira Lol

Comentários

  1. Que legal!
    Ri por aqui, muito legal mesmo.
    Amei i relato...beijinhos Paula em seu coração e tudo de bom sempre e que tudo seja sempre assim,com muito riso e alegria.

    ResponderEliminar
  2. Ahahaha =p Pois acho que o melhor é mesmo vende-la e ainda faz um pé de meia pro neto com o que ganhar =P=P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também acho melhor a vender, sei lá eu como será o futuro :p
      Beijinho*

      Eliminar
  3. Uiii quando falam em netos é do piorio! hehe

    ResponderEliminar
  4. obrigada! (:
    o mundo também precisa de motoqueiras :p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, minha filha motoqueira? Acho que não me ia agradar muito :p

      Eliminar
  5. Ora essa, as meninas também podem andar de mota :P

    Beijito* grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Letícia não estás bem a ver a mota do meu pai, nem eu posso com ela :p

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa

Em modo de Desabafo...