Há Dias Infernais

Estou pior que estragada... Hoje o dia não está de uma forma geral a correr muito bem. Como sabem fui a um funeral e começar assim o dia realmente não é de todo agradável  mas fiz a minha parte e estou feliz por isso. Depois foi o chegar a casa quando me deparo com os meus caninos e um cão pastor alemão de uma pessoa vizinha mesmo na minha propriedade e a rondar a minha cadela. Explicando melhor... A minha Lunita está com o cio, logo quando chegam estas alturas costumo prender ela e o Spike para que não haja futuramente caezinhos, porque desde que ela chegou cá a casa tem sido inevitável  isto porque os meus pais não querem gastar dinheiro para realizar a laqueação à cadela, custava-me se tivesse de ser e não ter a oportunidade de ela emprenhar novamente, mas era um alivio para todos (e quando trabalhava propus-me a oferecer o pagamento para tal, mas sem efeito positivo pois eles acabaram por não aceitar isso, agora neste momento é quase impossível  porque estou desempregada). Depois temos as pilulas, mas eu sou contra isso porque pelo que sei a médio prazo causam tumores e não iria suportar ver a minha cadela a sofrer por uma facilidade, já bastou a caniche que tive e que não pude fazer nada para a salvar. Então a única maneira é prendê-los, o que não me agrada de todo, mas tem de ser. Tudo corria bem se o "anormal", é mesmo assim, do cão do vizinho lá de baixo não saltasse as vedações de minha casa e não viesse para perto da minha pequena. Logo um pastor alemão que tem um porte bem grande comparadamente aos meus, acho que em parte também tivemos sorte nesse sentido, pois sendo ela pequena, ele dificilmente conseguia pôr-se na dita posição. O pior disto tudo é que a minha Lunita estava com a corrente toda enrolada no tanque e acho que em parte parecia-me que estava com algum medo dele. Estava sujeita a ficar sufocada por causa daquele estúpido, nem quero pensar. Sei que é o instinto animal e que os próprios animais não tem culpa, mas então que os donos dos próprios tomem conta deles, prendam-nos ou façam vedações tal como eu tenho. Uma coisa é eles andarem na via publica (que mesmo assim é perigoso), outra é entrarem na minha propriedade e fazer estragos, enquanto eu tenho o cuidado de estimar os meus animais e de os manter em casa, só saem com trela quando vão passear, o que deveria ser feito em todos os casos de pessoas que criam e querem ter animais. Com toda a irritação só me lembrei de ir dar um banho quente à minha cadela e dirigir-me à casa do vizinho para lhe dizer umas boas palavras e que tomasse uma medida relativamente ao cão dele. A verdade é que nem consigo entrar na sua residencia porque além desse pastor alemão, tem outro cão mesmo em frente à sua porta, que se encontra preso e é agressivo como tudo. Sem campainha, fui obrigada a chamar o nome do homem bem alto que acho que o bairro todo ouviu. Estava tão enervada, apesar de ainda o estar um pouco, que fiquei fora de mim e só me apetecia defender aquilo que me pertence. Estavam os dois carros em casa e ninguém me abriu a porta, não sei se estariam em casa ou não, mas tendo os carros à porta parece-me que não quiserem abri-la, sabe lá porquê.
Contudo, tentei ir à lista telefónica procurar o seu numero, mas nada. Falei com a vizinha do lado que nos damos muito bem e ela já se tinha queixado uma vez com o cão, devido também às suas duas cadelas. Por isso há que tomar medidas e não ficarei descansada enquanto não falar com os donos do cão. Nem na minha própria casa posso estar bem? Eu prendo os meus para não haver problemas e vêm os de fora para me atazanar? Ai, assim não.

Desculpem o desabafo, mas precisava mesmo de o fazer.

Comentários

  1. Pois isso é mm uma seca... enfim.. as pessoas podia ter mais cuidado.. e saber viver melhr em comunidade!! **********

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer, não consigo compreender certas mentalidades.

      Eliminar
  2. que situação :/
    tens mesmo que falar com ele

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já falei com uma das filhas, vamos lá ver se cumpre com o que prometeu.

      Eliminar
  3. Por vezes depende de nós mudar um pouco esses dias, fazendo algo que compense as coisas más nem que seja colocar uma música e deixarmo-nos ir. Verás que melhores dias virão eu tenho a certeza.

    Um Beijinho :)*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É complicado quando o problema poderá continuar e eu não fazer nada para o evitar entendes? Mas já falei com um dos donos e espero que resolvam as coisas. A música é um belo anti-depressivo, mas eu sou teimosa e enquanto não resolver ou esclarecer as coisas não fico descansada. A cabeça fica em roda viva com pensamentos...
      Beijinhos*

      Eliminar
  4. É uma situação muito chata e a culpa é dos donos.
    Mas querida com ou sem pílula ela pode muito bem ter tumores. A minha nunca tomou nada e teve. A melhor hipótese dela não ter é laquear.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim eu sei, mas maior é a probabilidade de ela ter se vier a tomar. E sim laquear seria o melhor, mas agora é impossível mesmo. Senão nem pensaria de novo duas vezes.

      Eliminar
  5. Ohhh muito obrigado pelo comentário e eu falo o mesmo de ti não se encontram raparigas que entendam as palavras dos rapazes, ou pelo menos não sente. E quando a pergunta, não perguntes muito que eu aceito ahahahah, estou a brincar :p Tem um boa noite.

    Um Beijinho :)*

    ResponderEliminar
  6. Nem sei o que dizer mesmo quando li o último comentário apenas sorri para o computador. É assim que vale a pena, quando gostam do que eu faço e acredita que é do coração, por isso é que são palavras verdadeiras :)*

    ResponderEliminar
  7. Oh que coisa chata :/

    Espero que consigas resolver logo essa situação. Os donos têm que cuidar dos cães e até porque, podem ser perigosos para desconhecidos.

    Beijito*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa