Quero um Sorriso Amanhã...

Sabes Blogue, estou aborrecida. Aborrecida com o tempo, com o meu dia-a-dia, com as pessoas que me rodeiam, com o meu próprio Eu... Aqueles dias que andas desmotivado, sem saber o que fazer, pensar que não vale a pena o esforço de vestir e sair de casa, muito menos com este tempo. Tenho saudades das caminhadas que fazia todas as semanas e que já há um mês que não as faço devido à chuva e ao frio que não há meio de se recolherem. Estou naqueles dias que até mesmo me pergunto porque te escrevo, porque todos os dias coloco cá qualquer coisa, qualquer escrita, para quê? Qual é a vantagem disso? Porque razão o faço? Passar o tempo? Há dias como o de hoje que só me apetece enterrar-me, fico às vezes a olhar para um ponto fixo num dado período de tempo, tal é a melancolia. Às vezes penso que devia dar-te uma pausa, de não vir aqui por uns tempos, porque as minhas expectativas são sempre maiores do que a realidade em si e depois o resultado é tristeza. Há dias que nem apetece sair da cama, ficar lá a dormir o dia inteiro para não pensar em nada. Apenas ficar no refugio e não ver nem ouvir ninguém. 

Pode o caminho da minha vida
Ter pedras e eu tropeçar
Ter piso molhado e eu escorregar
Ser inclinado e eu desequilibrar
O que é certo é que não vou desistir
De caminhar este percurso até conseguir
Uma vitória, uma derrota, uma tristeza, uma alegria
Seja o que for será sempre uma aprendizagem na minha vida
Por mais tombos que der, não posso baixar os braços
Posso ficar triste, abatida e recolhida no meu espaço
Mas espero sempre que passe e que volte a sorrir
Que o novo dia seja diferente e que novas coisas possa atrair.

Até Depois*

Comentários

  1. Ânimo Paula, melhores dias virão! Fazeres uma caminhada à chuva está fora de questão? (bem preparada, claro está)

    Gostei de ler o poema :)

    Beijinho *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Paulo pelo ânimo, mas há dias que tudo nos foge das mãos.
      Consegui depois de um mês ir fazer uma caminhada, as nuvens fizeram outra rota e trouxeram umas abertas de sol (devem ter ouvido as minhas preces). Caminhar à chuva não gosto e sei que acabarei por me constipar, por isso vale mais nem tentar.

      Beijinho e bom fim de semana*

      Eliminar
    2. Talvez tenhas uma boa surpresa se tentares. Pelo menos sais da rotina e no pior dos casos ficas com uma boa razão para ficar enrolada nos cobertores :P

      Fica o "desafio"! Bom fim de semana *

      Eliminar
    3. Nunca tentei isso é certo e não posso dizer que "desta água nunca beberei", mas duvido que algum dia o faça, não sou muito de aventuras, muito menos à chuva :)
      E o ficar enrolada nos cobertores gosto, mas constipada é das piores coisas, muito desagradável, por isso prefiro evitar.

      Beijinho e obrigada por me "dares" um sorriso.

      Eliminar
  2. Todos temos dias menos bons....há que saber esperar....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois temos Gremelinica, mas às vezes são mais os dias menos bons que os dias bons. Mas não há-de ser nada, há coisas bem piores como costumo dizer e pensar. Esperar... por dias melhores? Talvez tenhas razão, mas de facto a minha paciência atingiu um limite, pode ser que uma pausa resolva. :)

      Bem-vinda ao meu cantinho* Volta sempre*

      Eliminar
  3. Pois é Paula este tempo não ajuda nada uma pessoa,por muito que queiramos ter um bom dia e andar contentes este tempo consegue mesmo deixar-nos um pouco em baixo.Acho que deves estar naqueles dias que de pouco serve dizer-te algo,porque digam o que disserem o teu animo não melhora,de facto há dias assim e são esses os que custam a passar,esperemos que amanha o dia amanheça risonho tal como tu..
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Márcia tens razão, tudo o que nos possam dizer nestes dias, nada resolve nem anima. É daqueles dias "Não", quase insuportáveis. Mas acho que já sei qual é o meu problema, e vou tentar corrigi-lo a partir de hoje. Acho que ando a dar demasiado importância ao virtual e não pode ser.

      Um beijinho grande e obrigada por teres sempre uma palavra*

      Eliminar
    2. Se reconheces o problema já é um óptimo principio,pelo menos sabes o que tens que mudar,agora basta tentar fazê-lo,até porque nem sempre é fácil mudar mesmo sabendo que é disso que precisamos.
      Entre o virtual e o real devias ter um pouco dos dois,podia ser que assim tivesses o muito que precisas,pelo menos eu penso assim sobre mim.

      Eliminar
    3. Sim, não é fácil mudar Márcia e é aos poucos que conseguimos fazer alguma mudança. Não pode ser radicalmente. E tens razão, tem de haver um pouco dos dois, do virtual e do real, e é isso que não ando a fazer correctamente. Ando a deixar muito a minha realidade para me refugiar neste pequeno Mundo.

      Eliminar
    4. Compreendo aquilo que sentes,por vezes investimos o nosso tempo em coisas que provavelmente não são o melhor para nós.Vir ao blog pode ser algo de bom mas que não te preenche por completo:eu falo por mim que nunca gostei mundo deste mundo e agora que cá estou também me perguntou se devo continuar por cá,a escrever no blog,se realmente vale a pena ou se não é uma perda de tempo.
      De certeza que vais fazer o mais correcto e se deixares de aparecer por cá de certeza que muita gente vai sentir falta das tuas palavras.

      Eliminar
    5. É isso mesmo Márcia. Não vou deixar por completo, além de que não consigo e vendo bem isto faz me bem. Mas não posso ser tão agarrada como era. E é bom saber que alguém vai sentir a falta das minhas palavras.

      Eliminar
    6. Acho que não vou ser a única a sentir falta das tuas palavra,há pessoas para quem o teu blog já faz parte do dia a dia e de certeza que vão sentir a tua ausência mas se esse teu afastamento te fizer bem é isso mesmo que deves fazer,até porque há um mundo lá fora.

      Eliminar
    7. Talvez tenhas razão Márcia. Acho que também devia confiar mais nas minhas qualidades, no meu potencial...Normalmente tenho sempre tendência para ser negativa, achar que o que faço nem sempre está a 100% e que ninguém vai gostar. Enfim, não somos perfeitos... E custa sempre mudar.
      Além disso eu tenho a mania de pensar mais nos outros e nas opinião deles que propriamente em mim, por exemplo escrever somente para mim não pensando do que daí virá.

      Eliminar
    8. Mudar é das coisas mais difíceis que podemos fazer,falar é fácil,já agir é outra historia.
      Não tens que ser negativa,escrevas o que escreveres de certeza que há sempre algum que gosta do que escreves mas se isso não acontecer basta que tu gostes do que escreves e que te sintas bem com o que fizeste,a opinião dos outros tem que vir depois.

      Eliminar
    9. Digamos que abri a pestana, vou tentar não me concentrar apenas ao meu espaço e não ter expectativas. Estava a levar isto como uma rotina, quase obrigatoriamente tinha de cá vir. Há coisas que só damos conta quando estamos a cair no erro ou a chegar ao limite do extremo.

      Bom fim de semana Marcia :)

      Eliminar
  4. Paula, se eu pudesse fazer alguma coisa para deixar você mais alegre...eu faria!
    Fico triste em pensar que não se sente muito bem, não gosto nem um pouquinho, acostumei com o seu sorriso...
    Tenho certeza, amanhã tudo vai estar melhor...acho que o sol virá :)
    Um beijinho, querida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá minha querida Isa. Sabes porque gosto tanto de ti? Porque trazes sempre boas palavras para me entregar. É tão bom sentir carinho das outras pessoas, obrigada :)

      As coisas não mudarão muito no dia de amanhã, mas vou fazer umas pequenas pausas ao meu cantinho. Ele não requer assim tão tempo quanto lhe dou.

      Beijinho*

      Eliminar
    2. Eu consigo entender o que sente, querida!
      Os nossos cantinhos são especiais e por gostarmos tanto deles acabamos por dedicar mais tempo do que deveríamos.
      Faça algumas pequenas pausas, mas não nos abandone, por favor!
      Um beijinho!
      Estou aqui :) Você sabe como me encontrar.

      Eliminar
    3. Ainda bem que me compreendes Isa.
      E concordo com o que dizes.

      Obrigada pelo apoio :) Beijinho*

      Eliminar
  5. Querida Paula, todos temos dias menos bons, em que parece que nada faz sentido e só queremos ficar ali... sozinhas com nós mesmas... mas tens que te força para te levantares e acreditar que algo melhor estará para vir. Não te deixes ir abaixo e rodeia-te de quem te faz bem ;)

    Gostei muito do poema. Segue-o, acredita e sorri ;)
    Beijinhos e força

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. V* Obrigada pelas tuas palavras, a verdade é que temos de ter sempre força mesmo estando nós num estado "lastimável". Isto foi apenas um dia "Não" que em parte me fez abrir o olhinho, quando os meus olhos estavam bastante fixos numa "realidade" que não deviam. Não posso me agarrar tanto ao meu refugio, tenho de viver também.

      Beijinho*

      Eliminar
  6. Tu podes sim ficar triste, nós não somos os super-heróis. Nós sentimos, sempre. Podes fracassar de vez em quando, eu sou fraca, por vezes, admito. O que nos torna mais fortes é depois darmos a volta e isso eu tenho a certeza que consegues :)

    Beijito*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, temos sempre os nossos momentos alegres e outros tristes, faz parte do nosso viver.
      Normalmente também me considero uma fraquinha, mas nisto tem de ser, não posso viver mais o virtual que o real, senão vivo na ilusão.

      Beijinho** :)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa