Ao "Som" das Horas Vagas

Ao "som" das horas vagas eu escrevo, reflicto e visito as minhas recordações. Recordo momentos, sentimentos e pessoas que me ficaram na memoria e que fizeram parte do meu passado. Sorrio de alegria por todos aqueles momentos que me marcaram o peito, que me deixaram uma bonita lembrança. Choro de tristeza por ter encarado situações preocupantes e inesperadas, por ter me iludido vezes sem conta. Com o som de uma melodia eu acompanho a minha escrita ou até mesmo com músicas que me fazem agarrar de braços abertos a inspiração. Normalmente, gosto de estar sozinha com os phones nos ouvidos e somente escrever . Dá-me uma paz de espírito tão boa que é inexplicável. 

Na verdade, escreva mal ou bem, a escrita vai fazer sempre parte dos meus dias.
É um anti-depressivo tão bom que acaba por harmonizar a minha alma.

Comentários

  1. Este texto quase podia ser escrito por mim... realmente escrever ajuda a libertar. ajuda a aliviar a alma... é um anti-depressivo como dizes e uma companhia :)
    adorei o teu texto!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Sabe tão bem escrever. É uma óptima forma de desabafar :D

    ResponderEliminar
  3. Escrever ajuda a transmitir aquilo que sentimos, a "deitar cá para fora", quase como se fosse terapeuta.
    Tu escreves muito bem =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão Catia :)

      Obrigada, és uma querida*

      Eliminar
  4. Escrever é uma forma de libertar o que te vai na alma :)*

    ResponderEliminar
  5. Não diria melhor! A frase que colocaste na imagem (e texto) toca mesmo no ponto :)

    ResponderEliminar
  6. li tanto de mim aqui =)
    eu cá estarei para te ler...sempre! bj*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa