Avançar para o conteúdo principal

Simplesmente apeteceu-me refletir convosco...

Mãe que é mãe cuida, preocupa-se, protege, acarinha e também sabe dar nas orelhas :)
Mas por vezes não damos conta que ter uma mãe (mesmo que não seja do nosso sangue) é alguém que vive para nós, que tem um amor incondicional enorme e mesmo quando tudo parece desabar, ela está ali para te dar a mão e confortar.

Mãe que é mãe não desiste de um filho, não vira costas por mais erros ou problemas que possas causar, ela não se cansará de te dar a mão e o apoio que precisas em cada momento da tua vida e por vezes só damos conta disso quando sentimos a sua ausência, simplesmente porque a lei da vida é assim, uns vão outros ficam. Ser filho não é só pedir favores, não é só reclamar, é sim também dar valor a quem nos cria, por mais chatos que sejam os nossos pais.

Será que realmente cuidamos bem de quem nos quer bem? Será que em alguns momentos não somos injustos? Porque Mãe e Pai também erram é verdade, não são perfeitos.

Tem fases que chego a interrogar-me se estou a fazer o suficiente como filha, mas verdade seja dita, por mais discussões que possam haver, nada fará desaparecer o amor que nutro pelos dois.
É bom refletir sobre alguns assuntos, porque a correria do dia a dia e o stress acumulado, nem sempre nos permite sossegar e pensar no que podemos talvez melhorar ou valorizar mais.

A minha família não é perfeita, mas para mim são as melhores pessoas que permanecessem na minha vida. E se assim o é, devemos estimar e agradecer quem nos educa, protege e se preocupa connosco.

Comentários

  1. A nossa familiar (pai, mae, irmãos) é o nosso suporte! ;)

    ResponderEliminar
  2. Obviamente que ha muitas mães e pais que não nasceram para tal :( Eu felizmente para mim tive os melhores pais do mundo. e tenho muitas saudades deles, fazem me tanta falta. Quando os temos muitas vezes somos injustos e nem nos apercebemos. Depois quando eles partem, ficamos a pensar, eu não deveria ter feito aquilo ou dizer aquilo, deveria ter dado mais valor, deveria ter estado mais tempo com eles. Agora penso não fui perfeita, mas também aproveitei ao máximo o tempo que a vida me deu para estar com eles. Por isso respeitem e amem ninguém fica cá para sempre, sejamos gratos, não é preciso ser perfeito, mas amar, quem nos deu a vida, quem nos apoiou , quem nos protegeu e aproveitar todo o tempo que passamos juntos. <3

    ResponderEliminar
  3. Concordo , sou mae de 4 e nunca sabemos tudo a 100% . Estamos sempre a aprender ate com os nossos proprios filhos . Esforçamo-nos para ser perfeitas mas ninguem consegue, o que vale é que ao esforçarmo-nks os nossos filhos veem a melhor mae que podem ter ❤

    ResponderEliminar
  4. Sou mae de 4 e nunca estamos preparadas a 100% com as respostas todas . Tentamos ser perfeitas mas nao conseguimos , afinal quem consegue nao é ?
    Mas ao menos ao nos esforçar-mos os nossos filhos veem os melhores pais que podem ter

    ResponderEliminar
  5. Devemos valorizar as pequenas coisas da vida e as pessoas que fazem parte dela 😃😃 concordo plenamente com tudo aquilo que disse!! Mãe muitas vezes não é aquela que nos dá a luz...mas a que nos cria,educa e dá tudo o que é necessário...

    ResponderEliminar
  6. Não há amor como o de Mãe e Pai, quando somos mais novos nem sempre somos justos com eles pois achamos que eles vão ser eternos, com o passar dos anos vemos que não é bem assim. Faz falta pararmos um pouco do stress do dia a dia e a valorizar os pequenos momentos com os que mais amamos.

    ResponderEliminar
  7. Diria da mesma forma. Eu por vezes dou comigo a pensar se não estarei a ser injusta com eles em algumas ocasiões. Mas adoro-os, sei que prescindiram de algumas coisas da vida por mim e só quero que sejam felizes os anos que estiverem por cá.

    ResponderEliminar
  8. Tenho muita sorte ter os pais que tenho passamos muitas dificuldades mas ultrapassamos tudo e hoje em dia moro longe mas falo 3 a 4 vezes por dia com a minha mãe

    ResponderEliminar
  9. Familia é projecto de DEUS, familia é o nosso pilar... Para mim familia é tudo... É tao bom estarmos kom kem amamos...
    Gosteiiii do post.

    ResponderEliminar
  10. Por vezes não valorizamos até perdermos, é uma triste realidade, estamos tão ocupados com o quotidiano que esquecemos aquilo que realmente é importante nas nossas vidas.

    ResponderEliminar
  11. As pessoas nem fazem muitas vezes ideia da falta que uma mãe faz eu perdi a minha e até hoje choro falta dela, não há um unico dia que não pense nela. A minha mãe é mais que tudo para mim. Valorizem as pessoas que mais amam com gestos de todos os dias :)

    ResponderEliminar
  12. Concordo plenamente ctg. E agora que sou mãe, dou outro valor à vida. Mas tenho a plena noção que estou longe de ser a mãe perfeita, ninguém sabe tudo, é uma aprendizagem todos os dias. Contudo, o mais importante é contornar esses obstáculos ou mesmo ultrapassa-los e dar sempre o nosso melhor <3
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  13. Infelizmente já não tenho pais, mas tenho "4" filhas/os maravilhosas/os, como mãe sou a melhor amiga, o seu pilar em todas as etapas das suas vidas.Não se amam os filhos pela metade, é um amar sem peso ou medida, um amor para além da eternidade. Infelizmente tenho um amor para além da vida,um anjinho que partiu com 8 aninhos e deixou o meu coração de mãe partido em mil pedaços :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Ritinha lamento mesmo :(
      Deve ser uma dor inexplicável perder um filho.
      Beijinho grande e obrigada por seguires o Blog e teres esse à vontade de falar por aqui.

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tenho tantas mas tantas saudades tuas
Queria presentear o teu crescimento
Queria que tivesses mais perto e que convivêssemos mais vezes
Queria ser uma madrinha que visses frequentemente, do que apenas uma vez por ano
Queria poder ver a tua evolução na fala, nos primeiros passos
Queria viver mais o teu sorriso pessoalmente
Ver os teus dentinhos de leite a rebentarem e as tuas choradeiras de dor
Se soubesses o tamanho da minha saudade
A saudade de te pegar ao colo
De ver somente o teu sorriso de orelha a orelha
A tua simpatia incrível e de um acordar maravilhoso
Queria ir mais vezes contigo ao parque infantil
Partilhar brincadeiras contigo e grandes beijos entre madrinha e afilhada
Ajudar-te a dar os primeiros passos e a segurar-te quando te desequilibrares
Queria tanto que estivesses aqui
Aqui, bem mais perto de mim
Estás longe, numa distancia imensa
E só te poderei ver um mês de cada ano
Isso é muito pouco para matar a saudade, para simplesmente ver-te crescer
Que saudades minha quer…

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa

Há poucos meses atrás tive conhecimento de uma página com artigos muito originais, a Puffs Mágicos ! Fiquei bastante surpreendida com a personalização dos puffs e simpatizei imenso com a ideia então propus uma parceria. A Cati, administradora da página, aceitou o convite e não podia ficar mais contente, pois seria algo novo para presentear e dar a conhecer aos seguidores. Correu tudo muito bem e a Cati é super profissional no que faz, além de ser uma pessoa bastante simpática e responsável.
Para quem ainda não conhece a Puffs Mágicos, este post servirá para vos dar uma breve noção do que podem encontrar nela. Expus algumas fotos de puffs com e sem personalização, caso queiram com a gravação do nome têm essa possibilidade sem qualquer custo adicional. Há puffs tanto para adultos, como para bebés e crianças.
Descrição da página: "A Puffs Mágicos tem como objetivo criar puffs personalizados.
Por não haver pessoas iguais nós adotamos o conceito de personificar puffs de forma a nos t…

Em modo de Desabafo...

Hoje escrevo em modo de desabafo, sei que não tenho dado a devida atenção ao Blog, tenho me centrado mais em lançar passatempos, pois há pessoas que felizmente me vêm pedir parceria e eu agradeço a confiança que depositam. Mas tenho consciência que o tema do Blog não se centra exclusivamente em parcerias/passatempos, mas sim um pouco de tudo sobre a minha vida, opiniões, etc. Neste momento não tem sido fácil conciliar o Blog, com vida pessoal e trabalho, de qualquer forma vou tentando expor o que posso e o que de alguma forma possa contribuir para algo útil ao lerem os post's publicados. A inspiração também não tem ajudado, sinto que sou forçada a criar assuntos e isso não é bom sinal para quem tem um Blog e não sente que o que está a escrever, servirá para algo, parece que estamos a escrever apenas porque sim, apenas porque tem de ser para não deixar o "Blog às moscas".
A nível de saúde também tenho tido alguns problemas, inclusive um deles é que ando com uma dor inte…