Coração Só

Quem me dera que o amor aparecesse num estalar de dedos.
É complicado estar sempre a dizer ao coração, "Pára por favor, pára de sofrer sozinho".
Ele sente um vazio do tamanho do Mundo e atormenta os meus dias com esta pequena solidão que o isola e magoa. O meu lado racional diz, "Não penses, pois quanto mais pensas pior é", mas o meu coração mata-me por dentro e só me faz procurar, procurar e procurar, como se o desespero tomasse conta dele, como se algo o ameaçasse e não houvesse mais solução. Isto é cansativo, desmotivante e quanto mais queremos afastar os pensamentos, quanto mais queremos não perder tempo com isso, é quando o calor aperta e nos sofuca a respiração. Nos faz recolher, chorar e deitar toda a tristeza para fora como se ela evaporasse de uma só vez. Mas ela permanece e chega a um ponto que toma conta de nós. Posso sair, posso divertir-me, posso tentar mudar, mas sei que ela mais cedo ou mais tarde vai invadir o meu corpo de novo, vai consumir a minha alegria e vai deixar-me de rastos.

Era tão bom que aparecesses de uma vez Amor!

Comentários

  1. Eu acho que mais importante que o amor que os outros nos podem ter é o amor que temos que ter por nos proprios e se tiveres esse amor por ti não estás sozinha.

    ResponderEliminar
  2. Não desesperes Paula, ele aparece quando menos se espera. :P

    ResponderEliminar
  3. eu começo a perder a esperança sinceramente lol!

    ResponderEliminar
  4. Ele anda à espreita... É só ter os olhos abertos!!! :) :)

    ResponderEliminar
  5. Que apareca e sejas muito feliz e que seja sincero

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente