Mar

Uma coisa que aprecio muito é o mar. Adoro o ver de longe, sentar-me num banco de rua ou na areia e admirar a sua imensidão. Nunca fui menina de água, sempre que ia molhar o pezinho, tinha de ser devagarinho. E sempre tive algum respeito pelo mar, ele em certas circunstancias consegue ser mais forte que nós e se não dermos conta disso e não tivermos cuidado, podemos cair nas suas mãos e não sair mais. Mas contudo, o mar é algo que me deslumbra, aquele azul límpido e brilhante, os raios de sol a baterem nele, o por do sol que se presenteia ao entardecer e bem pertinho dele e os passeios à beira mar são tão tranquilizantes que dá gosto passar a tarde toda a viajar pela areia e a apanhar conchas :)
Tenho pena de não viver um pouco mais perto do mar, fico a uma hora de distancia mais ou menos, mas também não me posso queixar do local onde vivo que possuí uma enorme natureza e consegue também ter uma beleza deslumbrante e que relaxa qualquer um.

Comentários

  1. Eu felizmente vivo muito perto do mar e tal como tu adoro ficar simplesmente a olhar :) quanto ao molhar o pezinho ainda hoje não percebo como é que em criança eu entrava tão facilmente na agua ahah porque hoje em dia até mesmo em dias de praia raramente alguém me vê dentro daquelas aguas geladas aqui do norte =P

    ResponderEliminar
  2. É algo pelo qual dou graças... ter nascido numa terra à beira-mar plantada! Essencial para mim.

    ResponderEliminar
  3. Não vou à praia desde do final do Verão e tenho imensa. Eu adoro água! Quando estou de férias no Algarve, como o mar é mais calmo ando lá à vontade e passo os dias na água com a minha irmã :b

    ResponderEliminar
  4. O mar tem uma magia... sinceramente gosto pouco de me estender na areia e apanhar sol no verão, por isso aprecio mais a companhia do mar no Outono, Inverno e Primavera, estou a apenas 45 min por isso de vez quando é dia :)
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. MaisOuMenos eu já gostei mais de fazer praia, agora acho aborrecido estar ali tanto tempo na toalha, enquanto posso ir dar uma caminhada ou fazer algo que goste. Também nunca fui de apanhar sol e estar a torrar-me ao sol :) Sempre fui muito cuidadosa com a minha pele e normalmente quando vou à praia coloco logo protector pois alem de ter pele sensível é muito branca tb. :)
    Normalmente vou mais na época da Primavera/Verão :)

    ResponderEliminar
  6. Será sempre um daqueles locais de "peregrinação" como se fosse capaz de nos dar soluções aos problemas, ou apenas pela sua beleza.
    Aprecio em especial os passeios de bike, bem perto do eterno azul.

    ResponderEliminar
  7. Eu adoro o mar *-*

    Não para apanhar sol que eu não acho piada nenhuma a isso, mas para reflectir.

    Faz bem a alma :))

    Beijito*

    ***

    ResponderEliminar
  8. Também adoro o Mar!Nunca me canso de olhar para o mesmo. Quando estou perto do mesmo gosto de o olhar e pensar "na vida" com aquela imensidão azul perto de mim.

    ResponderEliminar
  9. ....pelos meus lados praia e mar ficam longe ñ se tornam uma opção...nos meus momentos de introspeção, reflexão ou tristeza prefiro o escuro do quarto ou perder m no silêncio da natureza....=D bj*

    ResponderEliminar
  10. O mar é meu companheiro... Não moro tão perto dele, mas estamos sempre juntos. Bjsss

    ResponderEliminar
  11. ...e é tão bom ir assim encontrando afinidades ñ é?? =P
    ponderei falar nesse aspecto negativo.. pois penso exactamente da mesma maneira...mas preferi deixar para outro futuro post..=) bj*

    ResponderEliminar
  12. Também gosto muito do mar. =)

    http://viverentrelacos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  13. ..eu fico cada vez mais admirada como ainda continuo a ter esperança...porque vejo amigos meus (supostos homens) a agir tipo criança e a terminarem namoros q eu jurava dar em casamento...enfim
    bj*

    ResponderEliminar
  14. Aiii és tu e eu! Há alguma coisa melhor do que adormecer ao som das ondas?

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  15. Adoro o mar! Moro mesmo ao lado, e adoro!!!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente