Avançar para o conteúdo principal

Escritas Passadas

Há muita gente que actualmente me segue mas não conhecia a importância com o qual criei este blog, eu antes escrevia imenso, antes deste blog tive outro também, chamava-se Brisa Imaginária, tudo porque o que escrevia era da minha própria imaginação, de pensamentos, desabafos, de tudo um pouco o que a inspiração me descrevia. Tenho saudades desse tempo, em que deixava-me levar pelas palavras, mesmo que a minha escrita para alguns não fizesse sentido, para outros (aqueles que muito tempo me seguiram), sabia-lhes bem ler-me, reviam-se nas minhas palavras e dava um bom incentivo a continuar.

Cheguei mesmo a criar uma historia que acabei por não a terminar, mas que já conta com 30 e tal páginas e se um dia a inspiração resolver aparecer, quem sabe a acabe... Seria um pequeno sonho editar um livro.

Vou deixar-vos alguns textos que escrevia, recordar também faz parte....


Eternamente

Ando perdida em recordações
Em carinhos partilhados
Em beijos trocados

Tenho saudades de tudo o que passou
De tudo o que me marcou

Quero apenas relembrar os bons momentos
Mesmo que esses só fiquem em pensamentos

Recordo as gargalhadas que dei
A alegria que desfrutei
Quero partilhar todas aquelas histórias
Que me trazem sempre boas memórias

E sabem o que me faz sorrir?
É saber que posso vir a existir
No coração de alguém
E assim permanecer
Sem que ninguém
Faça-me esquecer

O quanto é tão bom amar
Até o eterno não deixar parar.

---//---


Ser Criança é Bem Melhor

A pura liberdade que tive
A pura recordação que tenho
Sempre inocente e ingénua
Eu era assim em criança
Perdia-me em brincadeiras eufóricas
Que me faziam transparecer a alma
Viajava em sonhos meus
Tentando alcançar a harmonia
Mas o caminho pelos pensamentos faziam-me interrogar
Interrogações que os adultos me explicavam,
Mas eu nunca entendia a razão de ser
Hoje, vivo aquilo que me tentavam explicar
Letra a Letra
Palavra a Palavra
Como era fácil apenas ouvir
E como agora é difícil viver.

--//--

Puro Desejo

Nos teus braços eu morro nua
Saciando a alma do desejo
Toco cada gesto como uma pérola perdida
Deambulando pelo teu corpo ardente
De saudade dispersa e derretida
Absorvo a tua essência
Buscando o sabor do teu perfume
E a voz do teu sussurro
Não pares de me tocar, de me sentir
Que eu não pararei de te recordar.

--//--


Paixão Arrebatadora

Saciados de desejo e paixão
Assim os seus corpos se uniram
Os seus corações palpitavam num bater acelerado e constante
As mãos dela deambulavam no corpo dele
Sentindo a pele macia e quente naquele instante
Ele percorria com beijos escaldantes a pele de seda dela
Aumentando o desejo daquele cruzar de corpos
Já despidos e completamente nus
Eram assim consumidos pelo penetrante prazer
Ouviam-se gemidos a cada movimento dado e sentido
Ela estava fascinada e entregue a ele
Suas línguas envolviam-se e o desejo era cada vez mais incontrolável
As várias posições desviavam qualquer pudor
O limite de exaustão começa a ser evidente
A respiração ofegante acalmava aos poucos
E sobre a cama os seus corpos caem
Incrivelmente felizes
Acabam por se perder no calor intenso de um abraço
Dando ele um beijo suave e delicado na testa dela
E bem apertadinhos repousam e adormecem com amor.


--//--

Um Passado Amoroso

Houve lágrimas que derramei
Por nunca me dares o devido valor
Mesmo assim eu aguentei
Apesar da forte dor

Deitava-me com intenção de adormecer
Mas não conseguia sequer esquecer
Aquelas promessas que deverias cumprir
Mas em vez disso foste cobarde e quiseste fugir

Recordações eu quis ver
Cada fotografia deixava uma saudade apertada
Mas contudo, hoje pergunto saber
Se realmente cheguei a ser tua namorada

Queria um dia o passado distanciar
Mas dou por mim a querer lembrar
Aquilo que me faz doer
E que no meu coração não deixa de remoer

Comentários

  1. Adorei ler estes pequenos textos :) Principalmente estes dois últimos..! Tens tanto jeito..espero que a tua inspiração regresse :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Uauuuuuuuu!! Super adorei os textos!! Ficaram todos muito bonitos!! Levavas muito jeitinho para escrever,bem que podias escrever um livro de poemas!! Desejo-te uma semana super perfeita!! Muitos beijinhos,fica com deus e até breve!! http://musiquinhasdajoaninha.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. muitos parabens pela tua escrita!! nota-se que vem mesmo do coraçao...continua!!

    ResponderEliminar
  4. tens imenso jeito,adorei ler estes textos

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito destes pequenos textos! Muita inspiração e continue! :)

    ResponderEliminar
  6. É uma escrita linda, muito pessoal, gostei, e penso que seria bom dar continuidade a este talento, pois o que se escreve por norma é para nós, se as outras pessoas gostam ótimo é ai que se tonam best-sellers , embora isso seja para escritores consagrados, mas não tem importância o sucesso, o que tem importância é dar asas à inspiração e talento natural. Parabéns. :)

    ResponderEliminar
  7. Talento! Muito bem. Continue que estes textos são muito bons. Bjs

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tenho tantas mas tantas saudades tuas
Queria presentear o teu crescimento
Queria que tivesses mais perto e que convivêssemos mais vezes
Queria ser uma madrinha que visses frequentemente, do que apenas uma vez por ano
Queria poder ver a tua evolução na fala, nos primeiros passos
Queria viver mais o teu sorriso pessoalmente
Ver os teus dentinhos de leite a rebentarem e as tuas choradeiras de dor
Se soubesses o tamanho da minha saudade
A saudade de te pegar ao colo
De ver somente o teu sorriso de orelha a orelha
A tua simpatia incrível e de um acordar maravilhoso
Queria ir mais vezes contigo ao parque infantil
Partilhar brincadeiras contigo e grandes beijos entre madrinha e afilhada
Ajudar-te a dar os primeiros passos e a segurar-te quando te desequilibrares
Queria tanto que estivesses aqui
Aqui, bem mais perto de mim
Estás longe, numa distancia imensa
E só te poderei ver um mês de cada ano
Isso é muito pouco para matar a saudade, para simplesmente ver-te crescer
Que saudades minha quer…

Puffs Mágicos - Uma ideia criativa

Há poucos meses atrás tive conhecimento de uma página com artigos muito originais, a Puffs Mágicos ! Fiquei bastante surpreendida com a personalização dos puffs e simpatizei imenso com a ideia então propus uma parceria. A Cati, administradora da página, aceitou o convite e não podia ficar mais contente, pois seria algo novo para presentear e dar a conhecer aos seguidores. Correu tudo muito bem e a Cati é super profissional no que faz, além de ser uma pessoa bastante simpática e responsável.
Para quem ainda não conhece a Puffs Mágicos, este post servirá para vos dar uma breve noção do que podem encontrar nela. Expus algumas fotos de puffs com e sem personalização, caso queiram com a gravação do nome têm essa possibilidade sem qualquer custo adicional. Há puffs tanto para adultos, como para bebés e crianças.
Descrição da página: "A Puffs Mágicos tem como objetivo criar puffs personalizados.
Por não haver pessoas iguais nós adotamos o conceito de personificar puffs de forma a nos t…

Em modo de Desabafo...

Hoje escrevo em modo de desabafo, sei que não tenho dado a devida atenção ao Blog, tenho me centrado mais em lançar passatempos, pois há pessoas que felizmente me vêm pedir parceria e eu agradeço a confiança que depositam. Mas tenho consciência que o tema do Blog não se centra exclusivamente em parcerias/passatempos, mas sim um pouco de tudo sobre a minha vida, opiniões, etc. Neste momento não tem sido fácil conciliar o Blog, com vida pessoal e trabalho, de qualquer forma vou tentando expor o que posso e o que de alguma forma possa contribuir para algo útil ao lerem os post's publicados. A inspiração também não tem ajudado, sinto que sou forçada a criar assuntos e isso não é bom sinal para quem tem um Blog e não sente que o que está a escrever, servirá para algo, parece que estamos a escrever apenas porque sim, apenas porque tem de ser para não deixar o "Blog às moscas".
A nível de saúde também tenho tido alguns problemas, inclusive um deles é que ando com uma dor inte…