Ser Blogger...


Ser Blogger...

Não é fácil cumprir o "compromisso" de ser Blogger, aliás como tudo na vida é preciso gosto e dedicação. Comecei esta etapa da minha vida, numa fase menos boa, mas antes deste Blog já tinha algumas pegadas largadas pela blogosfera. Iniciei na adolescência um Blog com montagens criadas por mim, depois essa fase acabou por passar e passados mais alguns anos, criei um como se fosse um diário para mim. Comecei a deixar-me levar pelos sentimentos e emoções, bem como pela imaginação e depositava tudo o que me vinha à alma naquele meu Blog que já me era muito especial. Cheguei inclusive a seguir Blogs com a mesma temática que o meu e havia uma empatia entre os blogger's formidável. Basicamente ajudávamo-nos uns aos outros, aconselhávamos e cheguei mesmo a caracterizar essas pessoas como uma família virtual que todos os dias nos encontrávamos e deixávamos fluir tudo aquilo que de certa forma ou nos concretizava felicidade ou nos entristecia. Foi uma fase muito boa, confesso que tenho saudades desse tempo, nem eu sonharia criar mais nenhum Blog ou tão pouco crescer desta forma como atualmente me encontro.

Cheguei inclusive a criar um Blog para escrever um romance e durante um tempo assim o fiz, enquanto a inspiração fosse vindo eu aproveitava todos os bocadinhos disponiveis, mas mantive esse Blog em privado, pois foi uma ideia que simplesmente surgiu e não sabia o que iria sair dali. Deixei a história a meio, mas era tão bom sentir a minha imaginação fluir, aquele bem estar que nos deixa a sonhar alto e não há dinheiro que pague toda essas sensações ou sentimentos.

O Suspiros de um Amanhecer, apareceu como um recomeço, apagando um pouco do passado que me atormentava e assim começando do zero. Inicialmente, continuei a escrever os meus desabafos, poemas e afins... quem for ao arquivo do mesmo consegue visualizar isso. Mas, de repente, comecei a descobrir o Mundo dos Passatempos, pois criei uma página de Facebook associada ao Blog e tudo mudou desde então. Cheguei a ser uma "caçadora de passatempos" (foi quase um vicio que tive durante algum tempo) e um dia pensei para comigo que poderia eu própria ter as minhas parcerias, os meus próprios passatempos e ajudar páginas de Facebook a crescer. E assim foi... em pouco mais de um ano já tinha feito imensas parcerias, as coisas correram tão bem que o sucesso foi surgindo e sabem aquele sentimento de sentirmo-nos úteis e sem darmos conta fomos crescendo e conhecendo pessoas que jamais pensaríamos que pudesse acontecer? Ficarmos surpreendidos com o trabalho desenvolvido ao longo daquele período de tempo e sorrirmos pelo passinho gigante que já demos, aquele orgulho que só quem dá valor sabe como é.
Na altura ainda não havia a saga de Blog's que existe atualmente, era tudo um pouco recente, muito mais para mim que pouco ou nada conhecia. As oportunidades foram surgindo e eu fui agarrando-as sem dar conta que hoje seria algo que me orgulho imenso e esforço-me a 100% para que tudo corra bem. São 4 anos de escrita, de experiências, de empatias criadas, de seguidores que adorei conhecer, de profissionais que adorei trabalhar, outros nem tanto, mas também faz parte e foram esses que me ensinaram que nem tudo é 5* como pensamos. Por vezes são com as cabeçadas da vida que aprendemos à força como é viver nela. Foram 4 anos muito bons que passaram a voar e onde aprendi a crescer também, tinha eu 23 anos :)

Digo-vos, não é fácil manter um Blog ativo, tens de ter sempre algo para mostrar, essencialmente algo novo para que as pessoas possam interessar-se pelo conteúdo. Chego a ter fases que fico a pensar o que hei-de publicar, inicialmente tudo fluía com naturalidade e com muita facilidade, mas começa a ser cada vez mais complicado saber o que expor. O gosto de ter um Blog e partilhar com os seguidores é importante e esse gosto é o que muitas vezes nos guia e motiva para continuar em frente nesse projeto. Portanto, se um dia quiserem criar um Blog, pensem bem antes de o fazer. Parece fácil, mas tira-nos muito tempo, fotografar, editar fotos, escrever post's, ter sempre conteúdo apelativo e manter sempre atividade na página de Facebook, tudo junto parece simples, mas requer muita dedicação da nossa parte e gosto sobretudo.

Ser Blogger pode ser considerado um hobbie, mas se analisarmos bem, parece mais um trabalho/part time pois a pessoa dedica-se a 100% a algo que não pede nada em troca a não ser que sigam o seu trabalho e gostem do mesmo :) Tentamos de alguma forma transmitir aos outros informações, opiniões e conhecimentos para ajudar quem nos segue. A sinceridade, humildade e o verdadeiro gosto pelo que fazem é essencial.

Comentários

  1. Requer muita dedicação e atenção mas e bom ter uma pessoa maravilhosa como tu no nosso dia a dia

    ResponderEliminar
  2. Tudo na vida que gostamos da- nos muito trabalho, mas faz nos sentirmo-nos bem. fazemos com amor e dedicaçao. e esse amor e transmitido para nos seguidores. o meu muito obrigado por existirem com as suas dicas maravilhosas :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente