Surpreende-me

Quando te dignares a aparecer, avisa-me, pois nesse dia posso não estar à espera.

Comentários

  1. Olá Paula!
    Que forte, heim?
    Mas está certa, temos que ficar de verdade a disposição de quem nos ama e que está sempre por perto para receber esta 'disposição'...beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria a minha frase é destinada a alguém que um dia será a minha cara metade, só que ainda não a encontrei, talvez um dia quando ela se dignar a aparecer, eu nem vou estar à espera. Até porque o desanimo é tanto que a minha espera está no ponto nulo. :)

      Eliminar
  2. As melhores coisas, acontecem quando menos esperamos. *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é Vital, não me rende de nada esperar por alguém que nunca mais aparece. Por isso presumo que quando essa pessoa aparecer, que me avise :)
      Estou a ficar cansada de tanta espera e não ver progressos.

      Eliminar
  3. Paula nunca ouviste dizer que quem espera sempre alcança?
    O teu dia para encontrar alguém vai chegar,é certo que até lá podes desesperar mas sinceramente acho que não vale a pena,esse tipo de coisas não acontecem de um dia para o outro e como tão bem sabemos as vezes acontecem sem estarmos a espera,até lá não desesperes,não ter alguém nesse aspecto não é necessariamente mau.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não estou a desesperar, pelo contrário, a minha espera está a ficar cansada, por isso a minha frase, se caso se dignar a aparecer, que avise, porque posso não estar a contar.

      Eliminar
  4. Não esperes tanto... quando menos esperares, ele aparece.
    Às vezes tarde, mas quando aparece parece que o tempo de espera compensou =)

    ResponderEliminar
  5. Fizeste-me lembrar de há muitos anos atrás:

    - Talvez um dia...

    - Talvez um dia seja tarde demais...

    (e foi)

    ResponderEliminar
  6. ...as visitas surpresa tem sempre outro sabor =P

    ResponderEliminar
  7. Eu acho que irá acabar por avisar mesmo que estejas distraída :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Natal na Aldeia - Castanheira COM VIDA!

Tragédia que Nunca Esquecerei