Jovem ou Adulta?

Frase que sempre disse foi... Que não me identifico com a juventude de hoje, apesar de estar englobada nela. E para que alguns percebam o porquê de eu dizer isto, então cá vai a explicação :)
Sei que estou a generalizar e nem todos os jovens são assim como vou retratar, mas a maioria é e isso não podem negar.
Isto começa a partir dos meus 15 anos, quando comecei a afastar-me das minhas amigas de infância, isto porque nas ferias normalmente o convívio era feito à noite num café ou num bar, coisa que nunca gostei. Ou seja, sempre fui uma rapariga que não gosta de estar em cafés/bares ou discotecas, que detesta o cheiro a fumo e bebidas alcoólicas, podem até me chamar de certinha, mas nunca gostei e não me vão obrigar a tal, lógico que aos poucos me fui afastando das minhas amigas, só depois é que comecei a sair apenas com uma delas mas apenas para conversar, dar caminhadas ou até mesmo comer um gelado numa esplanada. As minhas preferências a nível de convívio foi sempre ao ar livre e sem muita confusão.
Nunca fui de ir a concertos, é coisa que não aprecio nem gastaria dinheiro nisso, muito menos para ir ver futebol a um estádio e pagar às vezes um balúrdio pelo bilhete, sempre fui uma rapariga de certo modo poupada e ajuizada, não sou nada de extravagancias. Tecnologias, referindo-me a telemóveis, ipods, ipads e por ai fora é coisa que não gastaria dinheiro mesmo que fosse o ultimo modelo a sair no mercado, tenho um telemóvel já há 6 anos e estou bem assim. Sms grátis se tenho...não, não tenho, nem carrego o meu telemóvel vezes sem conta e não ando aí a teclar nele como se fosse o meu amigo imaginário, tenho telemóvel apenas e só por necessidade, tal como o carro. Tenho um carro já com uns bons anos e não me importo, para quê andar com um carro todo luxuoso? Ou tão recente? Para dar nas vistas? 
Eu sei que estou a alongar o assunto já não só a falar dos jovens, mas também da sociedade em si.
Mas em relação à juventude, como disse cafés/bares etc não vou, sempre tive em mente em arranjar um namorado e começar uma vida de casal cedo, mas tal não aconteceu. E porquê este meu pensar, talvez porque daria mais valor a um namorado e a uma família, como dou à minha, que propriamente andar com a juventude que não me diz nada, acho desinteressante e sem juízo nenhum. Que só fazem disparates e só pensam no dia de hoje e nunca no de amanha, não são responsáveis, queimas das fitas e afins não me dizem rigorosamente nada, enfim, acho que quis tornar-me adulta depressa demais e até acho que tenho maturidade suficiente para me considerar como tal, mas também sei que vou perdendo a minha juventude, porque não encontro pessoas que sejam como eu, calmas, pacificas, que gostem de passear, sem borgas, sem disparates à mistura. Não gosto de loucuras confesso, como disse num post anterior, talvez seja uma rapariga certinha e direitinha, que quase parece santa lol não o sou é lógico, mas há coisas que não gosto e não quero ser obrigada a gostar.
Tenho primos na família que em nada são responsáveis e não é preciso ter na família, basta ver ao nosso redor, que se for preciso não obedecem e fazem o que bem entendem da vida, não sabem dar valor às pessoas que gostam deles, não sabem dar valor ao quanto custa a vida, só pensam é em diversão. Podia enumerar mais coisas, mas não quero generalizar mais. Sei que podem existir pessoas parecidas comigo, mas certamente perto elas não devem estar, senão dava conta disso. Normalmente se quiser criar algum laço de amizade por alguma pessoa que siga o meu blogue, sei que ou é de Lisboa ou é do Porto e eu sou do Centro e vivo no fim do Mundo, logo torna-se complicado devido à distancia e uma vez ou outra, não é a mesma coisa que uma amizade com convívio permanente, nem que seja ao fim de semana apenas. E claro que se for de perto melhor, até mesmo devido aos custos da viagem que tenha de fazer.

Jovem ou Adulta?
Minha resposta, Jovem na idade, Adulta na maturidade.

Comentários

  1. Como me revejo em grande parte das palavras que dizes amiguita:) A juventude de hoje parece tão poluída de mente, de carácter e até de valores! É certo que também não devemos exagerar nas coisas, uma queima ou um concerto nunca fizeram mal a ninguém, e acho que se a pessoa gosta deve-o fazer. Gosto muito do ditado mais vale um desejo na vida que 5 tostões na algibeira, claro com regra e racionalidade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Disseste tudo André :)
      Claro que gostos são gostos e esses nem se discutem. Uma vez ou outra acho bem que o façam, mas nem sempre é isso que acontece. Tenho um primo que para ele gastar 10 ou 100 euros para concertos, vai dar ao mesmo. E sabe Deus a minha tia para o sustentar. Ele tem 25 anos e para mim não tem maturidade nenhuma, mas enfim. E os 100 euros ele já gastou mesmo, não exagerei sequer.

      Eliminar
  2. Como já seria de esperar revejo me no que escreveste,já vem sendo habito não?!
    Também não gosto de discotecas,bares,nem nada dessas confusões,odeio sítios em que tenha que gritar para me ouvir a mim própria e nesses sítios normalmente isso acontece.Sou muito mais de ir a praia,cinema e por ai mas como disseste e bem nem todas as pessoas são assim,agora o que é moda é as viagens de finalistas onde se bebe até mais não,é a queima das fitas que por si só devem ser uma grande festa,são os festivais de Verão onde o que se mais consume é bebida.
    Podes não acreditar mas existem pessoas como tu.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acreditar, acredito que existam Marcia, eu não neguei esse facto. Mas a maioria é assim e como dizes bem na tua descrição, a moda é mesmo essa e apenas generalizando acabamos na autentica diversão. Muitas das vezes sem juízo nenhum.
      E no final do texto eu refiro-me que poderia conhecer pessoas que me seguem, por exemplo Tu, que nos temos identificado bastante do que conhecemos uma da outra por estes textinhos, mas eu sei bem que és de longe, logo aí seria complicado uma amizade mais regular, quero eu dizer de um convívio pessoal mais permanente, entendes? Porque em parte eu sei que existem pessoas parecidas comigo, mas certamente não estão perto de mim, como eu gostaria que tivessem. Tenho a minha melhor amiga, mas até essa agora arranjou namorado e já nada é a mesma coisa.

      Eliminar
    2. Eu não sou de longe,tu é que és ;)
      Eu compreendo o que sentes,no fundo gostas desde mundo e de conhecer as pessoas que te seguem mas para ti isso só não chega,tu gostas do convívio,de estar com as pessoas e neste mundo não se tem isso.

      Eliminar
    3. Pronto, sou eu de longe então LOL
      Claro, só convivendo com as pessoas pessoalmente é que na realidade podemos criar bons laços de amizade, além de que o convívio cara a cara é bem diferente que este que estamos a ter em frente ao pc :p

      Eliminar
    4. Mas tu moras onde afinal??Pelo que dizes moras onde Judas perdeu as botas ;)
      Não há mesmo nada como o convívio com as pessoas mas as vezes é isso que faz mal as relações.Se convivesses com as pessoas que te seguem aqui se calhar nem ias gostar delas,nem as suportavas,por isso aproveita o que tens aqui e no mundo real.

      Eliminar
    5. Moro no Centro do Mapa lol Mas não vou dizer detalhadamente onde.
      Talvez Coimbra ou Leiria possa ser um ponto que consigas ver mais ou menos onde, mas eu não vivo numa cidade, mas sim numa vila como já disse.
      E não concordo com isso de não suportar as pessoas que me seguem, claro que não queria conhecer todas, só as que tenho mais afinidades, as que me identifico mais e sobretudo as que costume conversar, seja, por mail, msn, etc. Sei que há aqui pessoas que certamente me ia dar lindamente com elas pessoalmente, tal como me dou virtualmente. Mas pronto...o meu mundo real resume-se mais na família que adoro, apesar de a maioria estar distante também. Amizades se surgir são bem vindas.

      Eliminar
    6. Que engraçada que nos andamos,no centro do mapa,estou a ver ;)
      Entre Leiria e Coimbra existe muito e perto dos dois conheço,Gândaras e Monte Real.
      Nem tudo pode se resumir a família,também tens que ter contacto com as outras pessoas mas se moras assim tão longe de tudo é complicado.

      Eliminar
    7. É, eu sou uma engraçuda gira :p
      Eu não disse que ficava entre essas duas cidades, mas fico lá quase perto, mais virado para o longe lol
      A minha vila fica mesmo afastada das cidades, a mais próxima fica a 50km.
      Claro que nem tudo se resume em família, por isso que disse que me faz falta boas amizades, mas daquelas verdadeiras que valem a pena, e não daquelas interesseiras, para isso prefiro estar como estou :p

      Eliminar
  3. Eu lhe entendo perfeitamente Paul, eu também nunca gostei de lugares lotados, gosto de sair sim, passear com meu marido, mas escolhemos sempre lugares aprazíveis com boa música e boa comida e claro um bom vinho...um abraço e fique com Deus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Teresa eu também sou pessoa para me afastar de locais com muita confusão e ir apenas para aqueles mais sossegados. E divirto-me mais a dar uma boa caminhada, que propriamente sentada num sofá ou cadeira de um café.

      Beijinho*

      Eliminar
  4. O problema nem é os jovens gostarem de ir aos bares, às discotecas, ou aos concertos apinhados de gente, isso não tem mesmo nada de mal se se sentem bem nesses ambientes perfeito.
    Acho que aquilo que não se compreende é a parte do "não sai à noite, deve andar a estudar para santo ou coisa parecida", é aquela ideia que todos os jovens têm de o fazer e que se não o fizerem são anti-sociais. Nós não somos anti-sociais, apenas gostamos de estar num sítio onde seja possível manter uma conversa sem ficarmos roucos e de preferência em que ninguém tenha perdido as suas faculdades mentais por estar bêbado que nem um cacho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, concordo. Mas nem tudo acontece à noite, o que especificaste sim, a maioria talvez seja à noite que aconteça. Mas e o resto? Serão assim tão maduros os jovens de agora? Terão mesmo juízo na cabeça?

      Eliminar
    2. Juízo na cabeça não, não têm nenhum, mas isso eu também não tenho muito :p a mim, pessoalmente a grande incompatibilidade com a juventude dos dias de hoje tem mesmo a ver com a parte dos ambientes sociais, mais especificamente os da noite. A parte do deixa andar que isto não tem nada a ver comigo, também me faz alguma confusão, esta apatia para a vida que se vê muito na nossa geração.

      Eliminar
    3. Vá, em parte até concordamos com alguma coisa, já não é mau ;)

      Eliminar
    4. Eu acho que concordamos em um bocadinho mais que alguma coisa... mas também discordamos em algumas coisas, o que tem muito mais piada, pelo menos há mais comentários nos posts! :)

      Eliminar
    5. Ainda vem um visitante e diz para o seu umbigo, este blogue deve ser um sucesso tem tantos comentários, mas depois vai se a ver e é uma catefrada de conversa "da treta" :p (isto no pensamento do suposto visitante)

      Porque de treta não tem nada.
      Ainda afugento os visitantes a pensarem que sou uma tagarela do pior, vá e diga-se de passagem, sou um bocadinho :p
      Adoro sempre uma boa e interessante conversa que às vezes até me deixo levar com o ritmo da mesma lol

      Eliminar
  5. Entendo-te perfeitamente.. estou de acordo com quase tudo o que disseste, mas gastar dinheiro com cultura vale sempre a pena ;) e se forem bons concertos (não concertos para beber, cair e levantar...xD), e eu não gasto balúrdios como 100€, mas oiço boa música ;)

    Beijinho :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se for para aprender até é bem gasto o dinheiro, ouvir boa música posso a ouvir em qualquer lado sem ser num concerto, mas entendo-te que num concerto é diferente pois estás "pessoalmente" com o cantor. São gostos claro ou opções por assim dizer, mas por exemplo mesmo que gostasse, eu não pagaria balúrdios para assistir. E isto posso me referir a 30 euros para cima.

      Eliminar
  6. Eu também não me identifico, a minha resposta ia ser igual à tua :)

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  7. Identifiquei-me tanto em alguns aspectos do teu texto =)

    ResponderEliminar
  8. Eu acho que acabas por ser as duas coisas só que de uma maneira diferente :)

    És jovem porque tens os teus sonhos e e adulta porque cresceste rápido :)

    Dás valor a coisas que nem todo mundo dá e isso, minha querida, torna-te necessariamente diferente, mas também especial :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é isso mesmo Leticia. :)

      Obrigada pelas tuas palavras*

      Beijinho*

      Eliminar
  9. Paula, você é uma pessoa muito especial, minha querida! Tão nova, tão responsável e com um coração tão bonito!
    A sua simplicidade e delicadeza são tão raras. Preserve-as!
    O mundo está repleto de pessoas que adorariam a sua amizade!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isa obrigada :)
      Deves ser das raras pessoas que conseguem ver lá no fundo o coração das pessoas e o valor que elas têm.

      Um beijinho enorme por sempre me dedicares palavras como essas que me alegram e muito o dia :)

      Eliminar
  10. Este post podia ter sido escrito por mim... do princípio ao fim... até o de viver onde Judas perdeu as botas... na zona Centro..lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahaha Gina que grande coincidência então :p

      Eliminar
  11. Tambem sou um pouco assim mas não exactamente igual....preferio um programa mais caseiro do que cafes ou discos, mas não deixo de ir quando a companhia é boa...aliás onde quer que vá só o faço pela companhia e nunca por estar na moda....tlm é um mt básico (apesar de sentir falta da camara agora q a minha máquina pifou) e sim tenho sms pq m fica mais barato do q o tarifário normal...mas não é por sair de vez em quando que deixo de ser responsável ou poupadinha mesmo quando vou a uma queima ou bebo um shot com os meus amigos...nunca fiquei bebeda a 100% ou fiz figuras como hj cada vez mais se vê...
    Resumindo: o jovem que és...depende e mt da educação que recebeste (pelo menos para mim)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo-te perfeitamente Ana. E eu generalizei numa juventude global a meu ver. E sim, a educação também é um passo de influencia para que o jovem seja ajuizado ou não. Mas a personalidade e até mesmo a maturidade contam muito num jovem e hoje em dia eles querem é diversão e toca andar que é festa.
      E não digo que não se devam divertir, mas há limites e regras para o aceitável.

      Eliminar
    2. Mas supostamente ser-se jovem é isso (com limites é claro sempre) mas um amigo meu me disse uma vez "eu prefiro viver cada oportunidade de me divertir agora...do que me tornar numa pessoa frustrada que desconta em td e em todos" e olha que é cada vez mais comum veres adultos serem mais inrresponsáveis do que o que deviam e na minha opinião é exactamente por isso...claro que há excepções e se tu és completamente feliz assim acho que é assim que deves continuar...como td na vida temos que ter um meio termo :)

      Eliminar
    3. Seria completamente feliz se tivesse pessoas perto de mim com personalidade parecida. Tenho uma amiga, mas até essa agora tem namorado e está longe. Por isso a minha descrição de não me rever nesta juventude Ana. E atenção que estou a globalizar, sei que certamente existe pessoas parecidas comigo, mas simplesmente ainda não me cruzei com elas ou então não ando nos sítios mais correctos para as conhecer, porque por norma tu conheces pessoas mais em bares e queimas e afins, a estudar por exemplo. Do que a passear pela rua ou a fazer caminhadas e ainda para mais num meio pequeno como o meu. Onde vens até ou sobes a serra e segues viagem ou então voltas para trás. :)

      Eliminar
    4. sim é verdade tenho tres grupos de amigos: os de infancia/escola, os da universidade e os do voluntariado...mas acredito que podes encontrar um amigo onde menos esperas...às vezes são msm as circunstancias que os mostram =D
      p.s. espero que encontres em breve pessoas como tu ai por perto =)

      Eliminar
  12. Identifico-me, eu prefiro sair para ir visitar um jardim, um museu, um monumento, comer um gelado, ir beber chocolate quente...agora discotecas não gosto. Odeio tabaco, não gosto de alcool...Não vou também a concertos...e no entanto sou muito feliz e divirto-me imenso sem estar bebeda! xD

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Natal na Aldeia - Castanheira COM VIDA!

Tragédia que Nunca Esquecerei