O Teu Coração Era (É) Especial

Os dias vão passando e algumas recordações surgem. Do nada pergunto-me como estarás, se te encontras bem e feliz, se conseguiste mesmo dar um rumo à tua vida. Aos poucos fui perdendo o teu contacto e compreendo perfeitamente. Recordo-me daqueles dois anos em que criámos uma amizade tão sólida e uma paixão tão poderosa. Tu eras sem dúvida um rapaz que muitas raparigas quereriam para seu namorado e eu queria muito que isso fosse possível, ainda hoje penso nisso, porque foste uma pessoa tão especial, tão maravilhosa, mas que na verdade eu não nutria o mesmo sentimento que tu sentias por mim. É triste não pudermos escolher a pessoa por quem nos apaixonar e amar eternamente, queria muito na altura ter tido a oportunidade de me concederem um desejo, e ele seria, amar-te. Não sei se irei algum dia encontrar alguém como tu, alguém que me respeitou, que me fez sorrir e nunca chorar, que percorria quilómetros para estar comigo, que teve dias acampado na minha terra sozinho apenas e só para estar comigo, tinha de ir à noite para o acampamento de bicicleta fizesse frio ou calor, muitas vezes apenas com a luz da noite (a luz da Lua), o teu amor era tão lindo que hoje vejo a pessoa sortuda que fui por te ter tido perto de mim, mas sinto-me mal por nunca conseguir nutrir um amor tão belo quanto o teu, apenas e somente carinho e afecto. Mesmo assim nunca desististe de mim, nunca baixaste os braços, mesmo eu dizendo que não te amava, mesmo eu sendo totalmente sincera, mas tu vinhas, vinhas sempre mesmo que eu não chamasse. Fazias de tudo para me agradar e a minha família adorava-te, era tão bom sentir que os meus pais gostavam de ti, gostavam da tua pessoa, pois a tua ligação com as pessoas sempre foi a melhor, tu nunca recusavas uma conversa, nunca viraste as costas, foste sempre alguém que tive um orgulho enorme de conhecer. Pena nossos corações não se unirem e nossos sentimentos serem distintos. Sei que tive de me afastar para não te dar mais esperanças, até mesmo a amizade tivemos de terminar. Não foi fácil, nem tanto para mim nem para ti, mas sei que no fundo sofreste imenso, tal como eu por não ver outra solução entre nós, mas não podia estar a levar uma relação adiante, onde da minha parte não havia o amor que tanto queria partilhar contigo. A verdade é que nunca namorámos, mas era como se namorássemos, pois era inevitavel estarmos juntos e não nos envolvermos. Tu pelo teu amor e eu pela paixão inicial que só depois me apercebi que afinal não passava de carinho e afecto e, principalmente uma amizade verdadeira. Tivemos meses sem falar depois de eu me afastar, mas um dia o telemóvel toca, ... és tu ... O meu coração tremia, mas os meus lábios sorriam, que saudades eu tinha de ouvir a tua voz e de conversar contigo. Mas sempre que me ligavas de meses a meses dizias sempre o mesmo, que eu tinha sido o amor da tua vida e isso ele não conseguia mudar. Que pensava em mim diversas vezes por dia e que do coração dele eu nunca iria sair. Já lá vão dois anos e não tenho noticias tuas, acabei também por mudar de numero e assim o único contacto foi barrado. Tens a minha morada, mas duvido que algum dia me mandes uma carta como antes o fazíamos. Todos temos de seguir o nosso caminho, todos temos historias e recordações e essas vão sempre ficar connosco. Mas sei que mesmo distante e sem noticias tuas, eu estarei sempre no teu coração, como tu estarás no meu.
Obrigada pelo teu amor que sempre desejei, mas não tive possibilidade de retribuir da mesma forma, como sempre mereceste. Espero que estejas bem e feliz, e que o teu bondoso coração bata bem forte por outra pessoa e que essa pessoa seja merecedora dele e adianto que ela é uma afortunada.
P.S.:Ainda me recordo daquela música que me cantavas baixinho de noite ao telemóvel.
Felicidades R* (Estejas onde estiveres, a Lua levará até ti um beijo meu)

Comentários

  1. Acho que pelo menos uma vez na vida amamos alguém que não nos merece e vise versa,talvez seja uma forma da vida equilibrar as coisas,o que é certo é que seja que situação for não é fácil para ninguém.Já vivi uma situação parecida a tua e fácil.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste caso Marcia, nós éramos grandes amigos e inicialmente houve paixão das duas partes. Mas a paixão passa, mas o amor fica se houver. Da parte dele sempre houve amor e muito verdadeiro, já da minha comecei a ver que não era bem assim, estava a confundir as coisas e só sentia carinho e amizade. Não o quis de alguma forma magoar, mas saímos sempre magoados, tentei me afastar para ele nem sequer ter mais esperanças e o continuar comigo não seria bom, mesmo que fosse só como amigos, porque quando estávamos juntos havia sempre algo. Digamos que foi o meu primeiro namorado :) A quem dei o meu primeiro beijo e isto já lá vão 5 anos mais ou menos. Acho que ambos merecemos o que passamos, fomos felizes e nunca haverá rancor ou ódio como costuma haver em ex-casais ou ex-namorados, ele para mim é o género de rapaz ideal e tenho mesmo pena não o amar, mas pronto.

      Eliminar
    2. Infelizmente não mandamos no coração,não podemos escolher de quem gostamos,se assim fosse seria fácil demais.
      No fundo e mesmo que te tenha custado perder uma amizade fizeste o mais acertado,se o que sentiam não era mutuo seria complicado continuar essa amizade.

      Eliminar
    3. Sim, foi o mais acertado sem sombra de duvida. Porque mesmo com uma amizade que era isso que tínhamos, havia sempre algo entre nós quando estávamos juntos. Acabavamo-nos sempre por envolver, então vale mais às vezes cortar pela raiz, para o bem de todos, mesmo que custe.

      Eliminar
  2. Se o nosso coração obedecesse era tudo muito mais fácil :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vera podes crer que seria tudo bem mais fácil e menos doloroso.

      Eliminar
  3. Já passei por uma situação parecida, Paula!
    E quase morri de tristeza quando a amizade acabou. Até hoje eu me culpo por ter feito o meu amigo sofrer... Mas não podemos mandar em nosso coração! É ele que manda em nós!
    Pensa que o seu amigo deve estar bem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conseguimos mesmo mandar no coração Isa, mas é uma pena quando temos oportunidade de sermos felizes e puff nada feito quando o amor é só de um lado.

      Espero mesmo que ele esteja bem e feliz :) Ele merece.

      Beijinho*

      Eliminar
    2. Você será feliz, minha querida!
      Oportunidades nunca faltarão, esteja certa disso!
      Um beijinho :)

      Eliminar
    3. Vamos lá ver o que acontece na minha vida.
      Eu acho que essas oportunidades que falas são raras.
      Não sei se vou encontrar um rapaz tão bom e com tanto amor como aquele. Cada vez acredito menos nisso, perante situações que já passei e outras que ouço falar.

      Eliminar
  4. eu tb já passei por algo parecido...a "amizade" parece ter sobrevivido mas não na mesma forma (e a falta que ela me faz!)...acho que o problema de me ter apaixonado pelo meu melhor amigo foi exactamente esse...haver uma amizade que se queria resguardar...já sabes mais ou menos como acabou mas acredito que a solução por mais triste que seja não pode ser outra que não uma separação (se não for definitiva, temporaria pelo menos) principalmente quando a pessoa que queremos esquecer (pondo-me aqui um pouco na pele dele) teime em agir sempre de forma tão correcta!
    Mas acho que se um dia tiveres oportunidade devias tentar reconstruir uma amizade com essa pessoa =D
    bj*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei se deveria o fazer Ana. Até porque ele sempre que me ligava e isto de meses a meses dizia sempre que me amava. E eu se continuasse a amizade ou pelo menos contactássemos mais vezes seria pior para ele. Para mim era óptimo que não houvesse contras, mas penso mais nele que de certo iria continuar a sofrer. Assim distante e sem olhares é melhor, o que os olhos não vêm o coração não sente e isto também pode-se igualar à voz, quando se fala ao telemóvel. O nosso coração por vezes é traiçoeiro connosco e por tudo o que passei com ele e depois a dolorosa separação, acho melhor que estejamos assim, cada um a viver a sua vida. :)

      Eliminar
    2. eu tenho sempre pena quando é assim =/ mas às vezes não há mesmo outra solução...

      Eliminar
  5. Foste amada e se calhar ainda o és, isso ninguém te pode tirar :)

    É um lindo texto :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Natal na Aldeia - Castanheira COM VIDA!

Tragédia que Nunca Esquecerei