Leva o Adeus Contigo Para Sempre
















A minha voz deixou de ser ouvida
Meus olhos deixaram de transmitir doçura
Minha boca de lábios macios deixou de ser beijada
Minhas mãos delicadas deixaram de sentir o teu toque
Meu corpo deixou de ser o mesmo, ficando desfeito
Era uma vez uma historia de amor que desmoronou
Quando tu deixaste cair um adeus sobre as minhas mãos
Sobre os meus leves ombros
Deixei de ter coragem de voltar para ti
Deixei o tempo voar e apenas o silencio ouvir
Fui condenada a sofrer, a imaginar a razão do desfecho
Do porquê teres virado as costas e abandonado aquilo que criámos
Onde colocaste o teu amor por mim se dizias que era apenas a mim que querias
Como ele pôde desaparecer do teu coração e arruinar o meu
Completamente sozinha, choro e em ti eu penso em quase todos os segundos
A minha vida foi perdendo a cor e o sentido a que ela estava disposta a percorrer
Os meus borratados olhos mancham o meu carinhoso rosto
É a mágoa macabra que me esgota o pensamento
É o intenso medo de não ser mais aquela menina sonhadora
A menina que vivia acreditando em conto de fadas
Parte de mim foi sufocada e caída num vazio sem fim
Um vazio que jamais serás tu a preenchê-lo
Um vazio que ficará a aguardar amor novamente
Carinho e afeição daquele que seja merecedor de me levar com ele
Mas nunca, mas nunca mais... Tu.

O Adeus está aqui nas minhas mãos, vou lavá-las para nunca mais o sentir, ouvir ou até mesmo sussurrar. Assim o Adeus será finalmente definitivo.

Comentários

  1. este texto está lindo... sei bem essa sensação. e sim, diz adeus definitivo, só assim pode entrar outro... e que nos faça sonhar, de novo.
    a nossa alma sonhadora não morre, só precisa novamente quem a desperte e seja merecedor :)
    bjinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada V* :)

      E sim, temos mesmo de enterrar alguns momentos do passado para voltar a sonhar de novo :)

      Beijinho*

      Eliminar
  2. Que triste e tão sentido Paulinha :)
    Era bom lavarmos as mãos e simplesmente dizer Adeus...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lost realmente devo ter tendência para escrever coisas tristes, não sei, devo ter um bocadinho de ti :p

      E sim, seria tudo mais fácil se pudéssemos dizer Adeus e pronto.

      Eliminar
    2. Lol Paulinha
      as tuas coisas são tristemente românticas e muito bonitas. A tua alegria de viver nota-se na tua escrita e é isso que me faz ler-te todos os dias :)

      Eliminar
    3. Oh Lost obrigada mesmo por essas palavras tão boas de se ler :)

      Um beijinho enorme*

      Eliminar
  3. O grande problema é que quando queremos que a pessoa do tal Adeus desapareça, é quando é cada vez mais lembrada... não passassem palavras e tempo "perdido" para escrever algo tão sentido, como este excelente texto.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Sorriso de Menina :)

      E sim, às vezes é complicado deitar tudo para trás das costas e tentar não relembrar mais o passado.

      Beijinho e volta sempre, já não te via por cá a algum tempo :)

      Eliminar
  4. Olá Paula!
    Acabei de chegar e gostei e voltarei sempre...um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria Teresa :)

      Obrigada e volte sempre, será bem-vinda :)

      Beijinho**

      Eliminar
  5. É um lindo poema amiga :)

    E eu cá acho que estamos as duas de parabéns :)

    Beijito* enorme

    ResponderEliminar
  6. Respostas
    1. Pois é Pretty, mas a minha imaginação inclinou para a tristeza, que hei-de fazer? :)

      Beijinho*

      Eliminar
  7. As histórias de amor que desmoronam, deixam mesmo um buraco enorme no peito e um medo terrível de amar novamente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens razão Isa.

      O medo começa a surgir quando somos magoados.

      Eliminar
  8. Respostas
    1. Eu às vezes gosto do Adeus, mas seria mais fácil que ele se pusesse em pratica.

      Eliminar
  9. por vezes ler posts teus como estes transportam me imediatamente para um passado não muito distante...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto quando as pessoas se identificam com eles, apesar de tristes, sei que muita gente passa pelo mesmo quando descrevo alguns detalhes nos poemas.

      Eliminar
  10. Este texto trouxe-me à memória uma pessoa que foi a paixão da minha vida. Adorei!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente