Eu e as Lides Domésticas

Fonte da imagem:


Desde que me lembre de ter nascido que sou um pouco (só um pouquinho lol ) preguiçosa, então nas lides domésticas por vezes é um tormento.
Comecei muito nova a aprender a arrumar a casa e acho muito bem que as crianças aprendam isso no prolongar do seu crescimento para que saibam ter as suas coisas organizadas e tudo muito bem arrumado e asseado. Posso dizer que sou uma pessoa que gosta das coisas arrumadas e tudo muito bem organizado, odeio mesmo casa cheia de bagunça e uma meia aqui e outra acolá. Posso ser preguiçosa, mas lá nesse aspecto faço de tudo que esteja limpo e ao meu gosto. Mas lides domésticas nunca foram o meu forte e acho que de ninguém mesmo lol Das lides que mais detesto fazer é passar a ferro e limpar o pó, para não falar de cozinhar refeições. Talvez um dia ganhe gosto em cozinhar, visto que gosto de o fazer quando é para confeccionar doces. As lides que nem sempre me custam a fazer é varrer a casa, lavar a louça e arrumá-la, estender a roupa e apanhá-la. Mas gosto sobretudo de estar sozinha em casa e fazer as coisas à vontade, sem que a "mamã" ande sempre a melgar e às vezes ainda vai por trás reparar se está bem feito (isto a estender a roupa). Eu gosto de fazer sem que me chamem ou "obriguem" a fazer, por livre vontade faço as coisas e não preciso que ninguém me as mande fazer, mas cá para nós, a minha mãe deve ter a mania das limpezas. Todos os dias ela tem de fazer algo, tirando cozinhar e lavar às vezes a louça, outras sou eu. Mas todos os dias ela é uma chata com as lides domésticas, a casa não precisa de todos os dias ser limpa, desde que as coisas estejam arrumadas e com a sua devida higiene, não há necessidade de quase repetir vezes sem conta a mesma coisa e isso irrita-me. Então uma péssima coisa que ela tem é "abrir" a casa toda, janelas, portas etc. Acho bem que se abra de vez em quando para entrar ar fresco e de modo que ele circule não provocando sempre o mesmo ar na casa. Ah e pelo que sei liberta alguns "micróbios" que nela (na casa) andem enfiados lol, mas a minha mãe é demais, então não imaginam quando está nublado ou dias de frio, ela faz questão de abrir o raio das janelas. Chiça para a mulher. Contudo e para concluir, aqui em casa sou eu e a minha mãe a fazer a lide doméstica, logo se ela não tivesse uma filha e sim um filho não sei se seria a mesma coisa. Apesar que hoje em dia existem rapazes que ajudam as suas mães e acho muito bem que o façam e quando tiver um filho, seja ele menino ou menina, vai ter de ajudar em casa, dê para onde der. E isto refiro-me também ao meu namorado/marido, ser "criada" de alguém nem pensar, ou partilhasse tarefas ou então que não saia da casa da mãe, para ser criada já basta a minha mãe a melgar e o meu pai a chatear lol
Acho que as tarefas devem ser repartidas num casal e até mesmo para a estabilidade do mesmo. Assim vivesse em harmonia e a mulher não fica tão sobrecarregada, pois como sabem a mulher normalmente é aquela que arruma a casa, cuida dos filhos, trabalha no emprego, faz as compras, etc e tal, e o marido trabalha no emprego, mas chega a casa e "esborga" o cu no sofá ou onde der. Por acaso cá por casa o meu pai de preguiçoso não tem nada, pois temos animais e horta, como também jardim à volta da casa e ele é que costuma tratar disso, por vezes com ajuda da minha mãe. Mas enfim...eu ia concluir não era? Às vezes deixo-me ir que não dou conta, e acho que sou daquelas que "fala", "fala" e não diz nada que se aproveite :p
Mas fico-me por aqui :)

Comentários

  1. Arrumar a casa é sempre uma aventura...

    bjs

    SUNRISE, autora do blog THE NEW BLACK IS

    [https://www.facebook.com/TheNewBlackIs
    http://newblackis.blogspot.pt/]

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sunrise Bem-vinda :)

      É mesmo uma aventura :p Há tarefas por todo o lado, é só mesmo colocar mãos à obra :)

      Eliminar
  2. Eu fui habituada a fazer as coisas. Estou a habituar a Zunfinha ao mesmo. Porque saber fazer de tudo, não ocupa espaço. E, os mais-que-tudo, quando não sabem, porque as mamães dos mesmos não lhes ensinaram, estamos cá nós as mais-que-tudo para lhes ensinar. Quem não faz, é porque gosta do panorama, mas aí, já são outros quinhentos mas depois, não se queixem.

    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente contigo Essência :)

      Beijinho*

      Eliminar
  3. sou exactamente como tu em quase tudo.. mas o que mais gosto de fazer é cozinhar.. de resto, detesto todas as tarefas, mas tenho que as fazer :/ e gosto de ter tudo organizado e limpo, mas a vontade nunca é muita.. ahahah e quanto às mães, deixa lá, a minha é igual.. quando chego ao fim-de-semana ao sábado levo sempre com a febre das limpezas.. :P

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah sim Cátia, aos sábados é sagrado :p

      Eliminar
  4. Este texto quase que poderia ter sido escrito por mim,com uma mudança aqui e ali e estava perfeito.
    Também gosto de ter as coisas arrumadas mas odeio que me digam para arrumar ou seja o que for,não me importo de fazer desde que seja de livre vontade.
    A minha mãe também tem essa mania de andar atrás de mim quando estendo roupa,deve ser uma mania de mães,vai se lá perceber ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahah e eu a pensar que a minha era a única a fazer isso :p

      Eliminar
    2. Nada disso,eu até já prefiro nem estender roupa porque é eu a estender e a minha mãe a apanhar e por de maneira diferente,vai se la entender,para mim se está ao sol seca seja de que maneira for ;)

      Eliminar
    3. A minha é uma vez ou outra que faz isso, não é sempre, mas que seja apenas uma vez ou outra, irrita-me. Acredito que ela às vezes tenha razão e que posso estar a colocar mal, mas há outras ou é porque de um lado seca melhor que do outro e porque virado para o sol é melhor, bla bla... estou como tu, ela seca na mesma lol Então agora com este sol não convém deixar muito tempo, senão come a cor toda às peças.

      Eliminar
    4. Exactamente seja de que maneira for seca,acho que elas não tem mais nada que implicar então implicam com a maneira como estendemos a roupa lol

      Eliminar
    5. Eu às vezes penso que elas gostam mesmo é de implicar e mandar em alguém... =/ Também não as posso julgar, porque um dia estarei no lugar delas e não sei se serei igual :p

      Eliminar
    6. Eu cá acho que vais ser igualzinha ;) acho que ser mãe deve ser isso mesmo,as vezes tem que se implicar com os filhos para eles perceberem quem é que manda lol

      Eliminar
    7. Deves ter razão :p
      Espero é não ter nenhum rebelde em casa, senão Jasuuus a casa vai cair.

      Eliminar
  5. Eu costumo dizer que não nasci para isso, mas tem de ser... Que seca, detesto mesmo cuidar da casa.

    ResponderEliminar
  6. Eu também acho que as tarefas domésticas devem ser repartidas entre o casal...apesar de que na prática isso não acontece muitas vezes. A mulher tem uma tendência a cuidar mais da casa e isso acaba por pender a balança para o seu lado. Dizem que quando se casam, o homem ganha o dobro do tempo para viver e a mulher perde a metade do que tinha antes...pode bem ser verdade :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, nem sempre são repartidas é verdade. Mas não sabia dessa parte de quando se casam, mas realmente tem a sua lógica, a mulher acaba mesmo por deixar de viver mais para si, para puder cuidar dos outros.

      Eliminar
  7. Eu por acaso também sou assim, gosto de tudo arrumadinho e ao meu jeito :)

    ResponderEliminar
  8. hahahaha tambem sou preguiçosa e muito!! O pior é que estou tão mas tão mimada pela minha mãe que quando tiver que sair de casa vai ser um choque!!
    Não há nada que não goste de fazer em casa...mas não cozinho muito...hahh e é verdade...viva a igualdade de sexos....=P
    bj*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Algumas coisas também vou ressentir quando sair de casa, principalmente a comidinha :p

      E é verdade, viva a igualdade de sexos :p Disseste tudo*

      Eliminar
    2. ...e eu...vou passar tanta fome! =)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente