Coisas da Vida


Hoje eu descobri uma, má sorte a minha. Afinal só encaro com pessoas "erradas".
Ando sempre a cair que nem patinho. Enfim.
Levo cada chapada que até doí e é por estas e por outras que me afasto.

Comentários

  1. Não podes encarar tudo como errado só porque algumas pessoas tem a triste ideia de se tornarem as pessoas erradas...as vezes quanto mais nos queremos afastar mais desilusões temos.

    ResponderEliminar
  2. Não te preocupes, tudo faz parte da vida e são experiências adquiridas, para a próxima já estamos mais preparadas, infelizmente o mundo não está cheio só de coisas boas. Resto de bom domingo. Beijokinhas e boa semaninha!!!

    ResponderEliminar
  3. Como eu te compreendo. Também sofro muitas desilusões e à custa disso cada vez sou mais desconfiada quando conheço alguém novo, fico sempre à espera de algo mau... O grande problema é que quando me desiludem não há volta a dar. Não sou de cortar relações com ninguém, mas não volto a confiar na pessoa... Eu ainda espero um dia aprender a ser mais tolerante, acho que não devemos ser assim, porque em algum momento da nossa vida até a melhor pessoa do mundo vai fazer alguma coisa da qual eu não gosto e que acho injusta. Assim como eu certamente faço, não somos santos...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se calhar tens razão Ups... Talvez às vezes seja injusta e intolerante. Desconfiada sei que o sou e se me traem a confiança pior. O mal é que me desiludem facilmente, ou então sou eu que dou demasiado valor à pessoa em questão. Eu só sei que cai numa rede de musica cantada, e agora já está outra pessoa na rede. E a amizade teve tanta importância como uma conversa banal de café para essa pessoa. Tenho uma dor no peito é certo, mas sinceramente já sinto raiva de a ter, quando a essa pessoa está se marimbando para mim.

      Eliminar
    2. Identifico-me totalmente com tudo o que descreves. Eu tb sou desconfiada e tudo o que tens escrito...

      Eliminar
  4. Se achas realmente que a pessoa está a marimbar-se para ti, bola para a frente... Se estás a falar só de uma amizade (e não de algo mais, fiquei na dúvida) não sofras mais por essa amizade perdida porque pelos vistos nem era uma amizade verdadeira. Não é que eu dê mais importância ao amor do que à amizade, ou a uma paixão do que a um amigo, mas sem dúvida que se ultrapassa mais facilmente essa desilusão se se trata só de amizade. Agora se me disseres que é mais do que amizade, aí a coisa muda de figura e eu bem sei... Bem sei que a outra pessoa até nos pode tratar abaixo de cão que só quando chegar a hora é que conseguimos esquecer.

    ResponderEliminar
  5. cada desilusão torna-te mais forte (pelo menos eu acredito que sim) apesar do muito que doa!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente