O Dom De Esquecer

Devíamos ter o dom de apenas recordar aquilo que nos fez feliz e reservar numa caixinha no canto do nosso cérebro aquilo que nos fez mal e nos magoou, mas fechar a sete chaves essa caixinha para que nunca a recordemos. Era um dom que adoraria ter, apenas recordar os momentos em que sorri, as pessoas que apenas eu gostaria de lembrar e os sentimentos que adoraria sentir de novo. E apagar ou não lembrar aquelas pessoas que me magoaram, que me taparam os olhos quando na verdade eu via que não eram de confiança, esquecer aqueles sentimentos que vivi e que preferia não ter sentido. É verdade e assim o dizem que tudo o que passou teve um motivo para acontecer e será uma aprendizagem na nossa vida, mas eu tornei-me uma pessoa cada vez mais distante, mais desconfiada e que por mais me digam que vai ser diferente, eu não consigo me entregar, não consigo ver essa diferença, porque as pessoas também se afastam, preferem as coisas mais simples e não têm qualquer paciência ou gosto em ter-me nas suas vidas. O meu receio é cada vez maior de criar laços com as pessoas, porque para sair magoada, mais vale estar sozinha. 
Queria tanto apagar parte do meu passado e não me ter tornado assim, não era eu que deveria mudar, mas sim aqueles que erraram comigo. Perante aqueles erros, eu mudei, mas acho que para pior. Tanto confiei que agora desconfio, tanto fui ingénua que agora sou demasiado cautelosa, tanto me magoaram e iludiram que agora sou mais distante e intolerante. 
Porque cada vez mais o Ser Humano é insensível e indiferente? Porque fazem tudo para atingir os seus fins a magoarem as pessoas? A abusarem dos sentimentos?
Eu não tenho um feitio fácil, mas o meu coração diz muito, só quem o sabe ver é que sabe realmente dar valor. Mas as pessoas agora nem se importam, para muitos tanto faz ter coração ou não.

P.S.: Acho que nem para tia vou ficar, até porque sou filha única... (Parece uma piada, mas cada vez mais penso nisto)

Comentários

  1. Não deixes que esse teu medo te faça parar... O importante é que, ao cair a primeira vez, não voltes a deixar que isso aconteça :)

    Magoam uma, não magoam mais...

    Beijito* grande :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mesma pessoa pode não magoar mais, mas quem diz que não volto a magoar-me? Mas com outra pessoa.

      Eliminar
  2. Temos uma tendência a fechar o nosso coração quando alguém nos magoa! Mas a vida continua e nós temos que seguir adiante :)
    Há muitas, muitas pessoas que valem a pena! E você não vai ficar pra titia coisa nenhuma!!! Ai, minha querida, você fez 23 anos! Tem todo tempo do mundo!
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  3. Paula, eu sei que o medo é uma constante na vida de pessoas que um dia sofreram com mentiras, ilusões, promessas falhadas... Mas na verdade há tanta gente boa, há tanta gente que seria incapaz de fazer essas coisas. Não podemos apagar o passado da nossa memória, nem escolher o que queremos recordar, mas podemos pegar em todas as coisas más e aprender a lição e sorrir sempre que nos lembramos das boas. Não deixes de viver, até porque as pessoas que um dia te magoaram não merecem.
    Beijinho***

    Ps: vai tentando bem devagar moderar o medo. Nada que queremos que seja duradouro poderá ser conquistado de um dia para o outro. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas tuas palavras :)

      Fizeram-me sorrir, acredita*

      Beijinho grande*

      Eliminar
  4. Mais cedo ou mais tarde, vais encontrar alguém a quem vai valer a pena entregares-te e abrires-te sem medos. Quando essa pessoa aparecer tu vais saber e todas as más memórias vão directas para essa caixinha que falas, para poderes criares novas, felizes :)

    um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AngieM espero que sim :)

      Obrigada pelas tuas palavras e sê bem-vinda*

      Beijinho

      Eliminar
  5. se tivéssemos esse dom as coisas boas deixariam de ter a importância e o valor que hoje em dia têm. Um dia vais voltar a sorrir com a alma, vais voltar a ser feliz... o tempo será encarregue disso... :):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, em parte tens razão Palquito :)

      Um dia, ainda gostava de saber qual :p

      Beijinho grande* :)

      Eliminar
  6. Percebo o atractivo desse dom, mas como referiste cada memória é importante para a nossa experiência de vida, positiva ou negativa. O que escreveste lembrou-me desta frase:

    "O importante não é o que fizeram de nós, mas o que vamos fazer daquilo que fizeram de nós." - Sartre

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  7. Não podemos apagar essas coisas da nossa mente, já que fizeram parte da nossa vida. Mas com isso aprendemos. E é isso que nós devemos valorizar... saber levantar-nos depois de um tombo.

    ResponderEliminar
  8. ...é verdade que as pessoas hj em dia desistem mais facilmente, mas apesar de todo quero acreditar que as pessoas certas para estarem na nossa vida conseguirão ultrapassar todas as barreiras que lhes impusermos sem desistir =)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Natal na Aldeia - Castanheira COM VIDA!

Tragédia que Nunca Esquecerei