O Amor Não Escolhe Caras, Apenas Corações
















Não entristeças perto de mim
Essas lágrimas eu vou limpar
Evitando que elas escorram em simultâneo pelo teu rosto
Um abraço é dado para que sintas o calor do meu carinho
E que ao passar a mão pelo teu cabelo esta com leveza te conforte
Não sofras, jamais perto de mim
Quero-te bem e não nesse estado de derrota
Sinto o teu coração bombear um vazio desesperado
Na procura de um porto de abrigo
Por isso que estou contigo
Para que agarres bem as minhas mãos que nunca desistiram de ti
Os meus braços que fizeram sempre de tudo para te abraçar
As minhas palavras essas foram poucas, mas era o meu coração que eu queria que ouvisses
Ao teu lado eu ficarei, limpando as tuas lágrimas e mimando-te até que me sorrias
Até perceberes que a vida nem sempre é justa e temos de fazer escolhas
Mas o meu lugar na tua vida se não for amar-te, será de forma a proteger-te
Que sintas que nunca estás sozinho e que eu estou aqui
Se soubesses o quanto me doí ver-te nesse estado
As minhas palavras são escassas
Mas ouve somente o meu coração junto ao teu ouvido
E escuta-o
Ouve apenas o que ele te diz em segredo
E não te preocupes mais
Eu estarei sempre aqui, amigo.

Uma amiga que apesar de amar o seu amigo, nunca o deixará sozinho mesmo que ele chore por outra pessoa. Isto sim são amizades verdadeiras, apesar do amor não correspondido, ela está ali para lhe segurar a mão e limpar-lhe as lágrimas, mesmo que ele ache que a vida não tenha mais sentido. Mas quem sofre mais nesta historia toda, ela que ama e segura a mão dele e todas as suas mágoas por amor e amizade ou ele que por uma separação fica de rastos?
Vocês eram capazes de estar no lugar dela? 
Eu não sei se aguentaria.

(Nada tem a ver comigo o que foi escrito, mas há situações do género)

Comentários

  1. Isso não é nada fácil, mas é o verdadeiro amor a falar :)

    É um lindo poema amiga :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei do sentimento transmitido pelo poema :) Há situações dessas de facto.

    Não é muito justo decidir quem sofre mais ou sofre menos, mas acho que no momento do poema ele sofre mais do que ela, porque afinal foi ele quem acabou de perder a pessoa amada. Agora, sem dúvida que ela tem vindo a sofrer pelo amor não correspondido no decorrer de toda a história.

    ResponderEliminar
  3. lindo! Pergunta difícil acho que não dá para quantificar assim de animo leve...são sofrimentos destintos mas tal não quer dizer que um seja necessariamente maior que o outro...já passei por uma situação semelhante e apesar de eu adorar e defender o tipo de amor capaz de abrir mão da sua felicidade pela da pessoa amada (mesmo quando essa msma felicidade não possa por estar com ela)quando realmente tive que o pôr em prática não fui capaz...não imediatamente, primeiro tive que sofrer td o que tinha a sofrer, lamber as feridas e colar os cacos maiores do meu coração, só então fui capaz de o querer ver feliz com outra pessoa que não eu, de estar lá para ouvir a aconselhar, guia-lo para longe de mim e não para perto...complicado portanto como vês =D
    BJ*

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Natal na Aldeia - Castanheira COM VIDA!

Tragédia que Nunca Esquecerei