Só me Faltava esta para Acabar "BEM" o Dia


Isto realmente só comigo, eu que estava tão bem no meu canto na minha casinha e vem um homem estragar-me o dia. Não é que me tocam à campainha, vou atender e estão a pedir para uma associação, ao qual nem conheço. Dão me um papel e pedem se posso ajudar, bla bla bla, aí tudo bem. Ao qual eu respondi que normalmente ajudo quando tenho conhecimento da sede da associação e que essa exista de facto e faço questão de mandar para lá os donativos que entender. Quando não conheço nunca ajudo se me baterem à porta, isto porque hoje em dia fazem-se passar por tudo e mais alguma coisa, usam os nomes das instituições ou associações para colocar algum ao bolso, sei lá eu se este que agora veio à minha porta era ou não de confiança...então disse-lhe que se poder ajudar eu própria mandaria o donativo que entender para a associação em questão.
Bem... nem vos passa pela cabeça como o homem me respondeu, quando eu fui o mais sincera e directa possível sem querer ofender, mas parece-me que ele sentiu-se ofendido com a minha sinceridade, mas se quer ajuda eu estava a oferecer, simplesmente não lhe dava a ele, mas sim directamente à associação. O homem foi tão arrogante e desrespeitador comigo que até fiquei branca e disse-lhe mesmo "Assim dessa maneira arrogante como você está a ser, nunca irá arranjar apoio ou donativos pois quem pede ajuda não lida dessa forma." Ou seja, para ser mais explicita o senhor disse-me tipo isto "Menina sabe, eu tenho idade para ser seu pai e se vem para aqui fazer promessa não estou para isso, vim de tão longe (Tancos) para levar alguma ajuda..." O resto não consegui apanhar, porque esta frase parece muito bem formulada, mas o tom de voz dele e arrogância não vos passa pela cabeça...com isto ainda vai a falar alto pelo caminho fora e virou simplesmente as costas, tal como eu fiz logo de seguida ao subir as escadas de casa e disse bem alto também "Até parece que lhe faltei ao respeito, sinceramente.", porque além de ficar irritada com o homem ainda me desrespeitou a gritar comigo e a falar naquele tom como se eu fosse obrigada a obedecer às falinhas mansas dele, depois como viu que não levaria nada começou a bombardear-me. 
Para mim quando uma pessoa anda a pedir, não vem logo com intenção de levar seja o que for, mas sim de divulgar e quem puder ajudar assim seja faz de boa vontade, agora obrigar-me a tal só porque disse que não confio hoje em dia nestas coisas e o faria directamente à associação, epah desculpem lá mas assim só me dá para desconfiar ainda mais, porque assim perdeu foi tudo... Nem ajuda aqui levando alguma coisa, nem ajuda se eu pondera-se mandar algo. A verdade é que vim logo de seguida pesquisar e a Associação existe, mas será que esse o homem veio assim de tão longe e é mesmo algum membro dessa associação? Quem me diz isso? A palavra dele? Eu não quis desconfiar dele, mas também é uma certeza para mim se eu mandar o donativo para a sede e não nas mãos dele. 
Eu não devia mencionar isto, mas até o aspecto do homem metia impressão, não pela roupa, mas sim os dentes e a sua cara, mas isto não tem nada a ver. Só concluo que essa pessoa esteve nessa Associação, que já agora divulgo se alguém conhecer ... é "O Novo Milénio - Associação de Recuperação e Reinserção Social".
Enfim, acabei nervosa e irritada e sinceramente se soubesse nem tinha aberto a porta, caramba...estava bem para ficar péssima, odeio isto.

Comentários

  1. Paulinha basicamente o que se ganha no sorteio é uma opiniao de uma profissional de como a pessoa pode conjugar determinada peça tendo em conta o seu gosto

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Há tempos, um individuo dessa Associação também me bateu à porta, mas já não levam nada.

    É malta que usa a intimidação como forma de angariar uns trocos que duvido que cheguem à Associação.

    A tua ideia de contribuir directamente para a Instituição é excelente...de qualquer modo, prefiro ajudar quem me é próximo!!

    Bah, não é preciso estragar o resto de Sábado com tal episódio...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enfim, eu até nem me importo de ajudar, apesar de não estar assim tão bem financeiramente, mas gosto e exijo saber onde o dinheiro ou os bens que doar vão parar e para isso prefiro mil vezes entregar em mãos à Associação e ver que vai para ali do que entregar a quem nem conheço de lado algum e que me diz meia duzia de palavras...ainda mais com uma atitude desagradável destas, nunca vi tanta arrogância ser depositada por aquilo que disse que nem foi nada de mal, simplesmente enviava por outro meio que não ele. Mas pronto, quero esquecer.

      Eliminar
  3. É preciso avaliar essas situações. Cada vez mais as pessoas aproveitam-se da boa vontade e usam-na para seu benefício. Acho que agiste bem :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não significa que este individuo tivesse a aproveitar-se da situação, mas depois do que se passou já penso que sim.

      Eliminar
  4. Realmente... foi uma situação nada agradável. E tens todo o direito de desconfiar.

    Beijito*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mesmo! Não me arrependo em nada do que fiz ou disse.
      Beijinho*

      Eliminar
  5. E depois essas pessoas têm sempre um ar estranho...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente