O Mundo Virtual - Chats - A Minha Experiência


Num post anterior perguntei-vos se frequentam ou frequentaram chats. Uns disseram que sim, outros não. E referia-me a chats tipo o da aeiou, chats para conversar com pessoas desconhecidas, brincar um pouco, conviver nesses espaços, nem que fosse passar uns minutinhos lá para descontrair e desanuviar do stress do dia-a-dia. Há pessoas que não ligam nenhuma, eu era uma dessas pessoas antes dos meus 19 anos. A minha primeira experiencia foi talvez com uns 17 anos, quando tive conhecimento do chat aeiou e eu e uma colega de escola resolvemos brincar um pouco, fazendo-nos passar por outras personagens. Somente para dar umas gargalhadas, mas não passaram de umas 3 vezes e depois cansamo-nos, tal era a parvoíce e tal era o maluco do outro lado do ecrã que acabamos por nem ligar mais àquilo. Pois bem...em 2008 decidi fazer uma breve visita e saber como era o Mundo Virtual convivendo com outras pessoas, então comecei por frequentar o chat da aeiou, fui bem recebida por lá e adorei conhecer as pessoas que me iam recebendo simpaticamente. Aquilo tornou-se um vicio digo-vos já, passava horas a fio, até mesmo esquecia-me de comer, tal era o vicio pleno de lá estar a conviver com pessoas que nem sequer conhecia, nem eles a mim. Nunca fui de falar da minha vida pessoal, muito menos a pessoas daquelas, que mesmo que fossem de confiança, eu nunca saberia, pois estavam somente atrás de um ecrã e digitavam umas palavras. A verdade é que adorei a experiencia, mas como tudo na vida há o bom e o mau. Há pessoas com intenções boas, sociáveis etc e tal e outras invejosas, falsas, por aí fora. Chegava a ler conversas sem nexo algum, tirando aquelas que são as mais vulgares, ou seja, as conversas do engate. Mas nestes espaços há que ter um cuidado redobrado, isto porque facilmente nos enganam e nós (por vezes ingênuos) caímos nas armadilhas. Passado um ano a frequentar o chat, partilhei o meu mail com duas pessoas, pessoas essas que confiava, uma delas criei uma bonita amizade, mas por obra do destino perdemos contactos, outra nunca deveria ter confiado, eu e muitos daqueles que partilharam com ela algumas coisas de suas vidas. Essa pessoa usou contactos, informações, fotografias e expôs tudo num vídeo no youtube, gozando com todos aqueles que caíram na sua armadilha, foram muitos e uma delas fui eu. Contudo, desapareci, deixei o chat porque em vez de me divertir já andava-me a afectar psicologicamente. Tive uns meses sem lá ir, até que voltei, foi então que conheci mais um grupinho fixe com quem me encontrava quase todos os dias à noite e onde conheci uma pessoa por quem me apaixonei. A relação durou pouco mais de 6 meses, pois a imaturidade dele irritava-me e nada melhor que o mandar à mãe dele para crescer mais um pouco e formar-se um homem. Entretanto, durante esses 6 meses e mais um ano e tal deixei de ir ao chat, não me fazia falta por assim dizer e só me traria más recordações. Mas mais uma vez em 2010 voltei, fiz novamente amizades, ou seja, havia sempre algumas pessoas que apareciam em determinada hora e conviviam para fugir um pouco da rotina. Posso dizer que amizades verdadeiras mesmo que ainda mantenho contacto, são 4 pessoas, uma delas é a Letícia :) Conheci-a em 2010 e foi alguém que criei logo empatia. Mas nesse ano e nos próximos até agora, não ia tão regularmente. Vou de vez em quando, se me apetecer. Aquilo perdeu a piada, as pessoas são mais falsas que verdadeiras, são invejosas e ciumentas, arranjam-se mais inimigos que amigos. Ao inicio quando comecei a frequentar podia dizer que era algo saudável, era um convívio diferente, conversar, divulgar opiniões, desenvolver assuntos (filmes, leitura...), enfim dava para socializar. Agora nos dias de hoje é rara a vez que vou lá e consigo ter uma conversa civilizada com alguém. Para não falar das pessoas cuscas, que leem conversas que não lhes dizem respeito e parecem não ter vida própria. Depois há outras que nos insultam como se fossemos as pessoas mais horríveis do Universo, portanto acaba por perder toda a piada e não é de todo agradável. Um chat serve para todos se darem bem, haver um bom clima entre os utilizadores, partilhar ideias, opiniões e gostos. É até mesmo em alguns casos, o lugar para desabafar com alguém. Acredito que muita gente que se sente só, recorre a chats para se sentir acompanhado e com a intenção de falar com uma pessoa que a entenda e aconselhe. Tenho pena, num modo geral, que a população tenha perdido qualidades, não saiba conviver em sociedade sem ter de fazer mal a alguém ou causar dor só porque lhes apetece brincar. É assim que tenho visto ao decorrer dos anos, a diferença.
Pessoalmente só conheci uma pessoa, aquele com quem mantive uma relação amorosa, mas confesso que adoraria ter conhecido aqueles com quem me dei melhor e que em muitos momentos me fizeram companhia e me fizeram sorrir. Quem sabe um dia :)
O mesmo digo aqui na blogosfera, há pessoas que adoraria conhecer pessoalmente e que certamente me iria dar bem.

Comentários

  1. No mundo virtual existe de tudo. Podes conhecer boas e más pessoas e viver bons e maus momentos.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como existe no mundo real :) E todo o cuidado é pouco.
      Beijinhos*

      Eliminar
  2. Essa experiência nunca tive. No MSN e mais tarde do Facebook mantive conversas com duas ou três pessoas que conheci através dos bolgs, das quais guardo boas recordações (uma ainda continua por aqui e com outra trocamos e-mails nos aniversários).

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bom quando encontramos boas pessoas no Mundo virtual e que possamos confiar :)

      Eliminar
  3. Eu de chats não tenho experiência. Nunca fui muito dado tal coisa. Experimentei uma vez, ainda na minha adolescência, e não gostei. Acho que é um mundo onde há muito engano, muita mentira, muita falsidade.
    Talvez não tenha encontrado as pessoas certas com quem falar, quem sabe?
    De qualquer das formas prefiro a blogosfera :)
    Beijinhos e bom fim-de-semana*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, neste momento também prefiro a blogosfera :)
      E gostaria de conhecer mais "profundamente" algumas pessoas, por exemplo Tu :p
      Nos chats é um espaço fácil de inventar e enganar os outros é certo, mas nem todas as pessoas que os frequentam são más pessoas e com más intenções, mas como tal encontras de tudo um pouco :)
      Beijinhos e bom fim de semana*

      Eliminar
  4. Sim, isto é passageiro daqui a uns diazinhos já passou :) obrigada e beijinhos!

    ResponderEliminar
  5. Essas pessoas são no chat o mesmo que são na vida real, mas na vida real escondem-se por trás de uma máscara por isso no chat revelam quem são de verdade. Eu não gosto de chats porque estou a perder tempo com pessoas virtuais quando podia estar com pessoas de carne e osso, amigos e família. Mas como já disse no outro post, com doze ou treze anos conheci uma rapariga de quem ainda sou amiga. Beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes perdemos a consciência do tempo que passamos na Internet em vez de convivermos mais com as pessoas que nos rodeiam, mas isso não acontece apenas em Chats. Até mesmo quem joga online e por aí fora. Perdemos a noção do tempo, até mesmo aqui na blogosfera :)
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Ups, desculpa a repetição de palavras, nem dei conta :p

      Eliminar
  6. Nunca me aventurei nos chats, porque amigos meus diziam-me que não valia a pena, eram só conversas parvas, etc. Porém, tenho de concordar: na blogosfera também há pessoas que gostava de conhecer e penso que nos daríamos bem :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como tudo na vida há o bom e o mau. Nos chats é a mesma coisa, tens as pessoas civilizadas e as não civilizadas. As com boas intenções e as outras com más...temos é de ter cuidado. Mas confesso que não me arrependo do convívio que mantive com diversas pessoas por lá. :)

      Eliminar
  7. Já entrei nesses chats mas foi apenas para falar com uma amiga porque não tinham msn. E não falava com desconhecidos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Às vezes temos de experimentar para saber se gostamos :) E claro cruzarmos com pessoas de confiança e civilizadas.

      Eliminar
  8. É como tu dizes, há sempre um lado bom e mau... E apesar de tudo, há sempre alguma amizade que prevalece :)

    Beijito*

    ResponderEliminar
  9. Nunca frequentei chats. Até porque nunca fui dado a estas novas tecnologias que apenas me servem para motivos profissionais (costumo dizer que sou um analfabeto do ano 2000, lol).

    Tenho para mim que este mundo cibernético é bastante perigoso e é preciso um cuidado redobrado. Acredito haver muito boa gente que apenas pretende passar o tempo e partilhar momentos e experiências, mas é tudo muito camuflado.

    ResponderEliminar
  10. Eu costumo dizer quando me perguntam isto do mundo virtual, onde acaba por se misturar por vezes (demais) com a vida real é um espelho da vida real.
    Há de tudo amiga, quem seja honesto completamente, quem minta ou invente uma espécie de uma personagem, em que se quando somos perspicazes e de se lembrar por vezes de pormenores insignificantes com o tempo são apanhados, quem ande cá mesmo somente para engates e sexo virtual e/ou real, e mais do que a maioria do pessoa julga e por vezes pessoas que nunca esperavas andar neste mundo, etc.
    Como também conheço quem se apaixonou por aqui, é casado e feliz com filhos, e como disse no outro post também se conhecem pessoas que se tornam amigos para a vida inteira e muitas vezes são melhor amigos em todos os momentos do que os amigos que sempre tivemos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo inteiramente com o que disseste. ;)

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Tragédia que Nunca Esquecerei

Avó Ausente