Desconfiança


Porque me tornei tão desconfiada, porque me custa tanto confiar em alguém que vou tendo a possibilidade de conhecer? Porque no fim de contas acabo por afastar as pessoas com quem certamente ia ter uma amizade?
Não entendo porque fiquei com tanto receio das pessoas, talvez pelo facto do meu passado estar preso em mim e não conseguir confiar em alguém. Eu tento pensar que pode ser alguém diferente e que valha a pena conhecer, mas acabo por recuar e ficar sempre com dúvidas se devo avançar ou não. Quase que desconfio por tudo e por nada, se vejo que não me estão a dar a total atenção que eu própria estou a dar à outra pessoa, fico logo desmotivada para continuar, pensando que todo aquele conhecimento é banal, que eu dou tudo de mim a 100% de atenção e a outra pessoa falha alcançando apenas 90%. Penso logo que não vale a pena estar a alimentar algo, ou criar algum tipo de amizade. Não entendo porque sou assim, porque quero eu que retribuem da mesma forma? Eu queria mudar um pouco de mim, em algumas coisas que acho que exagero, mas é muito complicado, porque mesmo que tente, mais dia menos dia volto ao mesmo. 

Só não queria ser tão desconfiada e acreditar que as pessoas podem ser diferentes e que não me vão enganar.
Mas é tão complicado para mim meter na cabeça que deva acreditar a 100% naquela pessoa, nem mesmo 70%. Às vezes gostava de saber o que vai na cabeça das pessoas, se são de boas ou más intenções, se andam a passar o tempo ou não.

Comentários

  1. as vezes é complicado voltar a confiar nas pessoas quando no passado alguém nos fez "mal" mas não é impossível por vezes só leva mais tempo que esperávamos **

    ResponderEliminar
  2. Paula, todos nós nos tornamos um pouquinho desconfiados depois que somos magoados...Isso é normal, faz parte de nosso instinto de proteção. Só não deixe fechar o seu coração, que pelo pouco que conheci até agora, tem a incrível capacidade de estar de braços abertos para o mundo... Um grande beijo.

    ResponderEliminar
  3. Acho que ja comentei contigo algo que me aconteceu comigo, e acabei por me sentir exactamente como tu, desconfiado. O tempo cura tudo, demora mas cura e um dia iras conhecer alguém que de certeza te dará motivos para confiares nele.

    Quando isso acontecer, espero eu que te voltes a sentir "livre" de ti mesmo (:

    ResponderEliminar
  4. Não devemos dar 100% de confiança ou acreditar em alguém que pouco ou nada conhecemos, mas tens de arranjar um equilibrio que te permita no mínimo saberes se vale a pena ou não de verdade e não esquecer antes de sequer começar!!
    :) beijinho

    ResponderEliminar
  5. Também já passei por umas situações da vida (muita desilusão) que me fez ficar muito desconfiada relativamente às pessoas. É talvez o medo de sofrer novamente, mas já não me entrego às pessoas como dantes.

    http://viverentrelacos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  6. Bom, eu não sou a melhor pessoa para puder ajudar-te. Até porque, agora ando desconfiada de meio mundo, apesar de continuar a ser quem sou. Guardo apenas um pouco de mim para não magoar-me mais uma vez.

    Mas o segredo dizem, é não criar expectativas sobre os outros, não esperar demasiado. Só assim te poderás surpreender.

    Eu concordo com afirmação. Espero que consigas aos poucos e poucos confiar mais nos outros, um passo de cada vez. Só assim se consegue vencer :))

    Um dia também eu vou conseguir ...

    Beijito* enorme

    ***

    ResponderEliminar
  7. Entendo perfeitamente, será estado normal naqueles que já sofreram e não fazem intenções de novamente recair na mesma situação.
    O tempo irá te ajudar a pouco a pouco ganhares confiança, mas nunca te esqueças que não existe perfeição, apenas humanos, nunca coloques a fasquia muito alta.
    Correndo o risco de afastares tudo e todos até a solidão ser a tua nica companhia.

    ResponderEliminar
  8. Como eu te compreendo!
    Beijos prometidos

    ResponderEliminar
  9. Obrigada meus amores pelas vossas palavras, reconfortaram-me depois de um dia fatigante.

    ResponderEliminar
  10. ...humm, este post parece m trazer àgua no bico...
    Acho que já sabes que eu penso quase exactamente como tu neste assunto...no meu caso deve-se ao facto de já ter sido magoada (bastante até) anteriormente e o de nunca receber o feedback que acho "justo" vai sendo lidado dia a dia...começa-se por baixar expectativas, dar sp o melhor com a esperança que seremos recompensados (às vezes nem smp pela pessoa a quem se dá, mas sim de ond menos s espera).
    Mas acho q nunca te deves dar a 100% temos q nos resguardar pa n acabarmos meros fantoches na mão de alguém...
    (n sei s faço mt sentido, hj foi um dia cansativo...fica registada a minha tentativa de ajuda pelo menpos...=P)
    bj* e força sim? =)

    ResponderEliminar
  11. Obrigada Ana Sofia, tu sabes que as tuas palavras serão sempre bem vindas... Beijinho :)

    ResponderEliminar
  12. E eu a pensar que ia ler aqui a explicação pq tanto anseio :)
    Não é mau sermos desconfiados, desde que no momento certo saibamos abrir o nosso coração (isto se alguma vez houver momento certo). Mas bem, espero que esse momento entre nós alguma vez se justifique e.... só te tenho a pedir desculpa de ontem. - Desculpa!

    Espero que estejas a ter uma óptima viagem.. Beijinhossss

    ResponderEliminar
  13. Saber o que vai na cabeça das pessoas 'tira' o pouco a perspectiva do futuro, do 'conhecer', isso só lá vai com o tempo e com a respectiva confiança.

    Mas sim, revejo bastante nesse texto, inconscientemente até, demoro a confiar nas pessoas, já faz parte do meu ser...

    Só vim deixar uma marquita.

    :)

    Ass:
    Curiburi.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hello Hello Curiburi :p
      Tens razão, só com o tempo e com provas disso é que se consegue confiar de facto nas pessoas.
      Eu antes confiava muito até mesmo inicialmente, mas as pontadas nas costas foram mais do que as amizades que criei depois de confiar. Por isso o meu grande receio de voltar a confiar em alguém quase a 100%.
      Mas sei que se a pessoa me provar isso regularmente e aos poucos eu simpatizar com a sua companhia, sei que mais facilmente me aproximo e rola uma verdadeira amizade ou algo mais.
      Beijinho*

      Eliminar
  14. Também sou um pouco assim. Com o tempo tenho ficado cada vez mais desconfiada.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A Madrinha tem Saudades Tuas

Natal na Aldeia - Castanheira COM VIDA!

Tragédia que Nunca Esquecerei